Fifa suspende participação da Rússia na Copa do Qatar


(Sputnik/Evgeny Biyatov)

A Fifa e a Uefa suspenderam, nesta segunda-feira (28), a seleção da Rússia e todos os clubes de futebol do país de participarem de qualquer competição organizada pelas entidades. Com isso, os russos não poderão participar das Eliminatórias para o Mundial do Qatar e, consequentemente, da própria Copa do Mundo em novembro e dezembro deste ano.

A punição é por tempo indeterminado e vale para o esporte no campo, na praia ou no salão, seja masculino ou feminino.

A decisão foi tomada em conjunto pela Fifa e pela Uefa e foi motivada pela ofensiva militar da Rússia sobre a Ucrânia. Em nota, os órgãos lembram que “o futebol está totalmente unido aqui e em total solidariedade com todas as pessoas afetadas na Ucrânia. Ambos os presidentes esperam que a situação na Ucrânia melhore significativa e rapidamente para que o futebol possa voltar a ser um vetor de unidade e paz entre as pessoas”.

No domingo, o órgão que rege o futebol mundial determinou que as equipes russas devem jogar em locais neutros em meio à operação militar russa na Ucrânia, e que as seleções russas teriam que se apresentar sob a bandeira da 'União de Futebol da Rússia' sem torcedores e o uso de seus bandeira ou hino nacional.

No entanto, com a decisão desta segunda-feira, a FIFA e a UEFA foram além dessas medidas e agora excluíram a Rússia e seus clubes inteiramente de todos os seus torneios até novo aviso, o que parece certo impedir a seleção masculina de disputar a classificação para a Copa do Mundo de 2022 no Qatar.

A proibição também significa que, se a situação não mudar, a seleção feminina russa seria descartada de competir na Euro 2022.

Ao contrário da seleção masculina, que teria um caminho difícil pela frente tendo que vencer primeiro a Polônia e depois a Suécia ou a República Tcheca para chegar à Copa do Mundo da FIFA, as mulheres da Rússia já se classificaram para a final da Eurocopa na Inglaterra, que deveriam começar enfrentando a Suíça em um confronto do Grupo C em 9 de julho.

Na semana passada, a UEFA anunciou a transferência d final da Liga dos Campeões masculina de 2022 de São Petersburgo para Paris.


Com a RT

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg