Filhos 01 e 03 usam meio milhão do Congresso, com zero de aprovação


Jair Bolsonaro com os filhos 01, Flávio, e 03, Eduardo (Reprodução)

Os dois filhos do presidente Jair Bolsonaro (PL) com mandatos no Congresso Nacional tiveram desempenho pífio durante todo o ano passado em se tratando de projeto de lei. Ao todo, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), o 01, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), 03, apresentaram seis textos ao Legislativo, mas nenhum deles sequer foi votado. A informação é do Globo.

De acordo com o portal da Câmara dos Deputados, o filho 03 do presidente gastou R$ 359.929,03 de verba parlamentar em 2021. Já Flávio custou aos cofres do Senado R$ 113.883,40. Juntos, somam quase R$ 500 mil

Flávio apresentou cinco dos projetos bolsonaristas: dois que tratam de aspectos econômicos e três que falam do ordenamento jurídico. Sendo que um deles, por exemplo, é para criminalizar atividades culturais que envolvam nudez para menores de 14 anos.

Já Eduardo apresentou apenas um projeto. Ele sugeriu, já no final de 2021, lei que altera regras sobre a vigilância epidemiológica no país e a vacinação. Em síntese, o 03 do clã dos Bolsonaros quer "proteger" aqueles que não se vacinaram - na prática, garantir impunidade aos antivacinas.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg