Fim da caçada: Lázaro morre após ser preso em Goiás


Lázaro foi baleado e preso ainda com vida / Reprodução TV Anhanguera

A caçada de 20 dias ao bandido Lázaro Barbosa terminou na manhã desta segunda-feira, no município de Águas Lindas de Lindoia: o criminoso foi capturado e morto, após ser ferido pelas forças de segurança de Goiás.

Chega ao fim uma das mais espetaculares caçadas policiais do país, que mobilizou quase 300 agentes e grande aparato policial, incluindo helicópteros e cães farejadores.

Condenado por assassinato e estupros, Lázaro, de 32 anos, fugiu várias vezes do sistema carcerário. Ele era acusado de ter matado na fuga quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e o caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

Mais cedo, o governador Ronaldo Caiado postou em sua rede social que Lázaro havia sido preso.

"Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do país, capturasse o assassino Lázaro Barbosa [...]", afirmou o governador de Goiás após anúncio da prisão, parabenizando as forças de segurança do estado.

Posteriormente, a polícia informou que o criminoso morreu a caminho do hospital em Águas Lindas de Goiás, após trocar tiros com os agentes.

Durantes as buscas, que começaram no dia 9 de junho, foram utilizados drones, helicópteros e um caminhão com uma plataforma de observação elevada de videomonitoramento.

Em sua fuga cinematográfica, Lázaro invadiu mais de 10 fazendas, antes de ser encontrado pelos policiais.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg