Fiocruz lança livro sobre biodiversidade para crianças

Uma criança curiosa e um inseto misterioso. Esses são os dois principais personagens que conduzem a história do novo livro infanto-juvenil Eu, o Bicho-Pau!, lançado em alusão ao Dia Internacional da Biodiversidade, celebrado em 22 de maio. A publicação, que pode ser baixada gratuitamente, é de autoria de Jane Costa e Lucas Torres, ambos do Laboratório de Biodiversidade Entomológica do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).


A obra tem como objetivo estimular a prática da leitura em crianças, além de incentivar o estudo da biodiversidade, a interação com a natureza e o respeito pelas mais diversas criaturas.


Na narrativa, em um dia de brincadeira ao ar livre, o menino Marcos se depara com um inseto peculiar que possui o formato de um graveto. Interessado em conhecer mais sobre seu novo achado, ele descobre, em um livro de ciências, que se trata de um bicho-pau. Devidamente apresentada, a dupla embarca em uma aventura de aprendizados.


“As crianças adoram criaturas exóticas, misteriosas e diferentes. O bicho-pau, além de tudo isso, é também muito carismático e tranquilo”, pontua Jane Costa, idealizadora do projeto educativo.


“Bicho-pau” é o nome dado a insetos da ordem Phasmatodea, que mimetizam pedaços de madeira ou gravetos. Eles podem ser encontrados em todos os continentes, com exceção da Antártica, sendo mais comuns em florestas tropicais.


O laboratório possui outras duas publicações focadas na apresentação da natureza para os pequenos: “As Borboletas, o Besouro, e a Fada da Biodiversidade” e “Insetos: uma aventura pela biodiversidade”. Ambas estão disponíveis no site do IOC.


Fonte: Fiocruz

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif