Flávio perde tentativa de se safar da 'rachadinha'


Senador Flávio Bolsonaro, do Republicanos-RJ (Pedro França/Agência Senado)

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) perdeu na Justiça uma tentativa de se safar do processo em que ele é apontado como chefe de organização criminosa no esquema da rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio, segundo indicação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Félix Fischer rejeitou pedido liminar da defesa do filho do presidente para anular todos os procedimentos da investigação tomados pelo juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Rio. Isso incluiria as quebras de sigilo bancário e fiscal e as operações de busca e apreensão autorizadas pelo juiz para levantar novas provas ainda na fase de inquérito.

A defesa de Flávio tentou aproveitar da decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) que declarou a incompetência da primeira instância (o juiz Flávio Itabaiana) e enviou a investigação para o órgão especial do TJ-RJ. Em cima disso, argumentou que todos os atos tomados até agora deveriam ser anulados.

O ministro apontou que o pedido liminar se confunde com o próprio mérito da discussão e que, desta forma, não via urgência para deferir o pedido. O julgamento do mérito não tem prazo para ocorrer.


Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg