top of page

Flordelis teria sido flagrada com dinheiro nas partes íntimas

Foto: Reprodução

A ex-deputada federa Flordelis teria sido flagrada com dinheiro nas partes íntimas após receber uma visita na penitenciária Tavares Bruce, no Complexo de Gericinó. Além disso, as informações indicam que ela estaria com números de advogados escritos na parte interna da calça, segundo o relato de uma política penal que consta em um inquérito na 34ª DP (Bangu).


De acordo com a policial, Flordelis foi flagrada, por uma câmera, no scanner corporal tentando retirar algo da calça. A ex-deputada foi levada para outro setor, e através de uma conversa, a ex-pastora espontaneamente tirou da partes íntimas R$ 72 em espécie.


Ainda de acordo com a policial, em seguida, foi realizada uma revista pessoal na presa. Nesse momento, foram encontrarás anotações com telefones de advogados (antes dos nomes estavam escritos os termos "dr") na parte de dentro de sua calça. Após o ocorrido, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio abriu um novo procedimento disciplinar contra Flordelis.


Os relatos da policial foram coletados em uma investigação aberta, através de uma notícia-crime, para apurar uma denúncia de extorsão e ameaças a Flordelis dentro da cadeia. A ex-deputada afirma que a policial penal que prestou o depoimento seria uma das responsáveis pelos "constrangimentos" sofridos pela pastora.

300x250px.gif
728x90px.gif
bottom of page