Fogo mata enfermeira e pacientes em hospital na Índia


Hospital em Nova Délhi (Reprodução)

Segundo a agência de notícias indiana Press Trust of India, pelo menos 18 pessoas morreram após um incêndio em um hospital para pacientes com coronavírus em Bharuch, no estado indiano de Gujarat. Uma enfermeira está entre as vítimas.

Cerca de 50 pacientes infectados com coronavírus estavam no prédio quando o incêndio começou, de acordo com as últimas informações divulgadas pelas autoridades locais. Além de bombeiros, moradores da região ajudaram a socorrer as pessoas durante o resgate.

"De acordo com informações das 6h30, o número de mortos na tragédia foi de 18. Imediatamente após o incêndio, tivemos a confirmação de 12 mortes", disse um policial à agência Press Trust of India.

"Gujarat: Houve um incêndio em um centro de saúde de COVID-19 em Bharuch na noite passada. 16 pessoas, incluindo 14 pacientes, morreram no incidente."


Segundo relatos da mídia local, o incêndio começou devido a um curto-circuito na unidade de terapia intensiva. Os bombeiros conseguiram controlar o fogo do local.

A Índia vive o pior momento da pandemia de Covid-19. Nesta sexta-feira (30), o país registrou 386.452 infectados e 3.498 mortes em 24 horas.

Foi o oitavo recorde mundial de casos confirmados de coronavírus na Índia nos últimos nove dias, segundo dados do governo e do site Our World in Data.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg