Ford encerra a produção e fecha fábricas no Brasil


Uma das linhas de produção da Ford: encerramento após mais de um século no Brasil (Reprodução)

A montadora de automóveis Ford anunciou nesta segunda-feira (11) que vai encerrar a produção de carros no Brasil, fechando as fábricas em Taubaté (SP), Camaçari (BA) e em Horizonte (CE). A produção será encerrada imediatamente em Camaçari e Taubaté

A informação foi publicada através de um comunicado aos investidores em seu site internacional. Não foi informado quantos funcionários perderão seus empregos - estima-se em cerca de 5 mil. A multinacional americana tem 6.171 funcionários no Brasil, dos quais 1.652 em Taubaté, 4.059 na Bahia e 460 no Ceará. No comunicado, a empresa afirma apenas que vai trabalhar junto aos sindicatos para "minimizar os impactos do encerramento da produção".

"A Ford está presente há mais de um século na América do Sul e no Brasil e sabemos que essas são ações muito difíceis, mas necessárias, para a criação de um negócio saudável e sustentável", disse Jim Farley, presidente e CEO da Ford.

Segundo a montadora, os veículos comercializados no Brasil vão passar a ser importados, principalmente das unidades de Argentina e Uruguai, além de outras regiões fora da América do Sul.

"Estamos mudando para um modelo de negócios ágil e enxuto ao encerrar a produção no Brasil, atendendo nossos consumidores com alguns dos produtos mais empolgantes do nosso portfólio global", completou Farley.

Apesar do fechamento das fábricas, a Ford informou que irá manter seu centro de desenvolvimento na Bahia, a prova de testes em Tatuí (SP) e a sede em São Paulo. A fábrica da Toller em Horizonte continuará operando até o quarto trimestre de 2021, segundo informou a empresa. Como resultado, as vendas dos modelos EcoSport, Ka e T4 serão encerradas assim que terminarem os estoques..

Mercedez também fechou fábricas

No mês passado foi a Mercedes-Benz quem anunciou o fim da produção do sedã premium e do SUV premium, com o fechamento da fábrica de Iracemápolis (SP) e de 370 postos de trabalho. Com a decisão, a Mercedes-Benz mais uma vez deixa de produzir automóveis no Brasil. A primeira vez foi quando paralisou a produção do Classe A em Juiz de Fora (MG).

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: