General Silva e Luna é oficializado presidente da Petrobras


General Joaquim Silva e Luna, o novo presidente da Petrobras (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Apesar de apresentar um currículo insuficiente em termos de tempo de experiência em gestão de grandes empresas, a Petrobras oficializou nesta sexta-feira (16) a nomeação do general Joaquim Silva e Luna como novo presidente da estatal.

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para substituir Roberto Castello Branco no comando da empresa, Silva e Luna teve seu nome formalmente aprovado para o cargo pelo Conselho de Administração da empresa, quatro dias depois de ser integrado ao conselho.

​Também nessa reunião, foram definidos os nomes de sete "novos" diretores, sendo três deles por recondução:

Rodrigo Araújo Alves como diretor executivo Financeiro e de Relacionamento com Investidores; Cláudio Rogério Linassi Mastella como diretor executivo de Comercialização e Logística; Fernando Assumpção Borges como diretor executivo de Exploração e Produção; João Henrique Rittershaussen como diretor executivo de Desenvolvimento da Produção; Nicolás Simone como diretor executivo de Transformação Digital e Inovação (reconduzido); Roberto Furian Ardenghy como diretor executivo de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade (reconduzido) e Rodrigo Costa Lima e Silva como diretor executivo de Refino e Gás Natural (reconduzido).

General da reserva do Exército Brasileiro, Joaquim Silva e Luna foi ministro da Defesa durante o governo do presidente Michel Temer, entre fevereiro de 2018 e janeiro de 2019, e, até recentemente, ocupava o cargo de diretor-geral da Itaipu Binacional, sua única experiência em comando de uma grande empresa. Para aprovar seu nome, o conselho teve de contornar um regulamento interno que prevê exigência de experiência mínima de 10 em anos em cargo de direção em grande empresa.

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: