Governador do Amazonas agradece ajuda à Venezuela

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) agradeceu neste sábado, 16, a ajuda oferecida pelo governo venezuelano, que disponibilizou a transferência de oxigênio para Manaus, onde a falta do produto levou a rede hospitalar ao colapso no combate à covid-19. Ele afirmou, em entrevista à TV Bandeirantes, que a Venezuela foi o único país a prestar solidariedade aos amazonenses neste momento de terrível sofrimento.

"Com exceção desse contato da Venezuela, nenhum outro país ofereceu qualquer ajuda nesse sentido. Porque todas as vezes que há qualquer situação relacionada à Amazônia, relacionada ao meio ambiente, há uma comoção mundial de pessoas que vivem lá nos Estados Unidos, na Alemanha, ou onde quer que seja, colocando postagem em rede social e criminalizando o cidadão que mora nessa região", declarou Wilson Lima.

Wilson Lima também respondeu, com uma manifestação de agradecimento ao país vizinho, a um twitter do ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, em que o chanceler venezuelano destacava a "solidariedade bolivariana" em relação aos "irmãos brasileiros".

"Siempre es un honor poder tenderle una mano al hermano Pueblo de Brasil, especialmente en momentos tan complejos. Para l@s Bolivarian@s la solidaridad es un deber. ¡Gran abrazo!", dizia a mensagem.

Em seu twitter anterior, Arreaza comunicara a orientação do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, no sentido de que o país oferecesse ajuda humanitária aos brasileiros de Manaus:

"Por instrucciones del Presidente @NicolasMaduro conversamos con el gobernador del Estado Amazonas, Brasil, @wilsonlimaAM para poner inmediatamente a su disposición el oxígeno necesario para atender la contingencia sanitaria en #Manaus. ¡Solidaridad latinoamericana ante todo!".


1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: