Greta Thunberg: "Nosso futuro é um jogo para eles"

A ativista sueca criticou a postura do ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro.


A ativista sueca Greta Thunberg tuitou crítica à postura do ministro do Meio Ambiente brasileiro

Após divulgação de falas do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em reunião com Jair Bolsonaro, a ativista sueca Greta Thunberg criticou sua postura.

Em reunião ministerial realizada no dia 22 de abril, que teve sigilo liberado na sexta-feira (22), Salles afirmou que era preciso aproveitar a epidemia da COVID-19 para afrouxar regras ambientais no Brasil.

Pelo Twitter, Greta publicou uma tradução para o inglês de parte da declaração do ministro do Meio Ambiente, e complementou: "Apenas imagine as coisas que eles falam longe das câmeras... Nosso futuro comum é somente um jogo para eles".

Além disso, ela puxou a hashtag #SalvemAAmazônia, escrita em português. Em 2019, Greta Thunberg criticou o assassinato de indígenas no Brasil e foi chamada de "pirralha" pelo presidente.

​"Precisamos fazer um esforço enquanto estamos neste momento calmo em termos de cobertura de imprensa, pois eles estão falando apenas de COVID... Nosso futuro comum é somente um jogo para eles", postou.


Na reunião, Salles diz que é preciso "ter um esforço nosso aqui enquanto estamos nesse momento de tranquilidade no aspecto de cobertura de imprensa, porque só fala de COVID, e ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simplificando normas".

"De Iphan [Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional], de Ministério da Agricultura, de Ministério de Meio Ambiente, de ministério disso, de ministério daquilo. Agora é hora de unir esforços pra dar de baciada a simplificação", acrescentou Salles, que desde que assumiu o cargo é muito criticado por entidades ambientais.

O conteúdo da reunião foi liberado por Celso de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal, como parte de inquérito instaurado para investigar suposta interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

Após a divulgação do vídeo, Salles usou o Twitter para se defender, afirmando que sempre apoiou "desburocratizar e simplificar normas" para promover o "desenvolvimento sustentável no Brasil".


Da Sputnik Brasil

300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif
Toda Palavra 076 - p 4-5.jpg

Leia a versão digital da edição impressa do TP