top of page

Haddad devolve onça de ouro que recebeu da Arábia Saudita


(Foto: Ministério da Fazenda)

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, devolveu uma onça de ouro que recebeu de presente nesta segunda-feira (31) do ministro de Investimentos do Reino da Arábia Saudita, Khalid Al Falih. O presente foi dado durante uma visita de uma comitiva saudita ao Brasil representando as principais empresas públicas e privadas daquele país.


A onça dourada seria levada a Brasília e incorporada ao patrimônio da União, mas o ministro foi orientado pela Receita Federal a devolver o presente.


"Como protocolo, a oferta de presentes a autoridades públicas deve ser feita com aviso prévio ao cerimonial do órgão público agraciado. Por esse motivo, o secretário da Receita Federal, Robinson Barreirinhas, orientou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, a devolver a estátua de uma “onça”, recebida do governo da Arábia Saudita, à embaixada do país em Brasília, o que será prontamente atendido", afirmou o Ministério da Fazenda em nota.


Segundo o ministério, caso o governo saudita queira reenviar o presente, será necessário que sejam cumpridos os trâmites exigidos pela legislação brasileira.


Haddad recebeu o presente após visita da comitiva saudita ao país. Entre os mais de 70 integrantes de empresas públicas e privadas do país, foi a maior delegação saudita que o Brasil já recebeu. Durante o encontro com Khalid Al Falih, o ministro explicou pontos do Plano de Transição Ecológica do governo brasileiro e ouviu do representante saudita sobre o interesse a respeito das oportunidades de investimentos que o pacote pode atrair.


Escândalo das joias de Bolsionaro

No começo deste ano, o Brasil inteiro ficou sabendo que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) tentou se apoderar de três kits de joias milionárias enviadas de presente por sauditas para ele e sua mulher, Michelle. As joias não haviam sido declaradas à Receita Federal.


Após o escândalo, que gerou um inquérito na Polícia Federal, Bolsonaro foi obrigado a entregar os presentes para serem incorporados ao patrimônio da União.


Segundo laudo do Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal, apenas um dos kits - relógio, anel e par de brincos e colar de ouro branco e diamantes - tem valor estimado de R$ 5 milhões.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page