top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Homenagem a Thiago de Mello e à cultura manauara na Sala Nelson

Na data em que Thiago de Mello, considerado um dos maiores poetas amazônidas de todos os tempos, completaria 97 anos, a Sala Nelson Pereira dos Santos será o palco de “Salve, Amazônia”. O espetáculo musical, organizado por Célio Cruz, Zeca Torres e convidados, contará com um repertório

autoral que reflete a vida no Norte do país. Assim, nesta quinta, dia 30 de março, às 20h, as experiências, contradições e sentimentos dos que vivem entremeados pela maior floresta do mundo irão desembarcar em Niterói.

O poeta Thiago de Mello / Divulgação

A partir do álbum “Porto de Lenha”, Zeca Torres irá cantar e contar os grandes sucessos da Amazônia, incluindo a faixa homônima ao disco, considerada um “hino não-oficial” da capital manauara, mesmo retratando as idiossincrasias da cidade de forma crítica e irônica. De sua produção

mais recente, “Bailando na Escuridão”, a bossa nova “Luar de Freguesia”, em homenagem a Thiago de Mello, será um dos destaques da noite. “Até o Osso”, um irônico protesto ecológico, também fará parte do espetáculo.


Célio Cruz, por sua vez, trará os sucessos de sua extensa discografia. Faixas autorais dos álbuns Candeia de Estrelas, Floresta Minha, Quinta Cultural do Banco da Amazônia e Gente da Mesma Floresta estarão presentes, assim como os convidados Nilson Chaves, Eliakin Rufino, Bado, Graça

Gomes e Zemiguel. O compositor Thiago de Mello, filho do poeta homenageado, e Vital Lima, um dos nomes mais proeminentes da música nortista, também serão convidados de honra do show.


Sobre os artistas


O compositor e cantor amazonense Célio Cruz começou a carreira no final da década de 80, nos festivais universitários e sua música se inscreve na pegada amazônica da MPB, tendo feito registro no Rio em 2012, em show como convidado de Leila Pinheiro, no CCBB, ao lado de Marco Bosco e Paulo

Calasans.


Zeca Torres iniciou sua trajetória nos anos 70. É co-autor de uma das mais emblemáticas canções amazônicas, “Porto de Lenha” – em parceria com Aldisio Filgueiras – que a despeito de ter sido composta há mais de quatro décadas, continua sendo cantada por várias gerações, tendo inclusive um clipe gravado com o grupo vocal carioca “Subversos”, disponível do Youtube.


Serviço


'Salve Amazônia' – Com Célio Cruz, Zeca Torres e convidados

Data: 30 de março

Horário: 20h

Classificação Etária: livre

Duração: 1h20

Valor dos Ingressos: R$50,00 (inteira), R$25,00 (meia)

Venda: pelo site Sympla. https://bileto.sympla.com.br e na bilheteria do teatro.

Local: Sala Nelson Pereira dos Santos

End.: Av. Visconde do Rio Branco, 880 - São Domingos, Niterói


Fonte: Departamento de Imprensa SMC/FAN


Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page