top of page

Ilana Eleá faz temperatura subir com trilogia erótica

Lançado recentemente no Brasil, durante a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), “Emma e o poliamor” (Patuá) é o segundo livro da trilogia erótica iniciada pela escritora Ilana Eleá com “Emma e o sexo” (e-galáxia), abordando relacionamentos afetivos não exclusivos. A protagonista dos livros é uma jovem antropóloga sueco-brasileira que estuda as relações de mulheres autodenominadas bem resolvidas sexualmente.

Ilana Eleá / Divulgação

Sinopse


No novo livro, Emma segue o trabalho de campo iniciado no Rio. Depois de se envolver com a orientadora de sexo on-line Juliana e o namorado dela, o ator Nicolas, Emma conhece uma psicanalista poliamorosa. Madura, Caia orienta pessoas interessadas na transição para a “não monogamia consensual”, tanto no consultório como em imersões para “desaprender ciúmes”, em Paraty.


Emma também é apresentada ao shibari, arte japonesa de bondage, sendo eroticamente amarrada nas cordas de um instrutor indicado pela Caia, mas sem esquecer Nicolas e o namorado que deixou em Estocolmo, Björn.


A escritora


Ao longo do processo de criação para escrever a trilogia “Emma”, ao pesquisar novas formas de relações amorosas, Ilana Eleá, que é carioca e vive na Suécia desde 2011, decidiu abrir o casamento com o marido sueco a novas experiências, após dez anos de monogamia.


“Tudo consensuado como deve ser sempre. O problema maior é o olhar torto de quem está de fora, fechado em preconceitos”, diz Ilana, que aprendeu a enfrentar "com paciência nórdica" os comentários conservadores e moralistas que recebe pelas redes sociais quando fala da vida pessoal.


Por outro lado, o retorno positivo, curioso e inspirado de muitos leitores tem sido marcante, segundo a autora:


“Conversamos não apenas sobre as personagens, enredo e aspectos ficcionais dos livros, mas sobre a importância de reacender o erotismo na vida cotidiana, seja como pessoa solo ou em parceria(s), e assim convidar o mistério, as autodescobertas e o desejo para mais próximo das próprias vidas.”


Doutora em Educação pela PUC Rio, Ilana está estudando Sexologia na Suécia e online no Sex Coach University, dos Estados Unidos. Ela também é autora de “Encontros de neve e sol” (e-galáxia), “Poemas acesos” (Patuá) e “Fio de corte” (7Letras), com versos feministas dela, Angela Brandão e Lucelena Ferreira. Agora, Ilana Eleá trabalha no terceiro e último volume da série, "Emma e o tantra".

Divulgação

Serviço:


“Emma e o poliamor”

Editora Patuá

Ilana Eleá

184 páginas

R$ 45

300x250px.gif
728x90px.gif