Inaugurado no Rio memorial de vítimas da Covid-19


Monumento foi instalado na Zona Portuária do Rio de Janeiro (Reprodução)

O movimento "Mundo Unido pela Vida" inaugurou neste domingo um monumento para homenagear as vítimas da Covid-19 no Rio de Janeiro. Uma estrutura gigantesca em aço oxidado, com 39 metros de comprimento e quase 3 toneladas de peso, a obra foi instalada em uma área do crematório e Cemitério da Penitência, no Caju, Zona Portuária da cidade.

A peça foi batizada de Memorial In-finito e tem espaço para 4 mil nomes. Cerca de 30 famílias participaram da inauguração e homenagearam os seus entes perdidos para a Covid-19.

O movimento "Mundo Unido pela Vida'" acontece em mais de 30 países, para celebrar a vida.

O projeto arquitetônico foi doado pelo Coletivo Crisa Santos Arquitetos à direção do Cemitério da Penitência, que investiu R$ 300 mil na execução da obra.

A arquiteta Crisa Santos foi autora da obra.

Tendência de aumento de contágio

O Estado do Rio registrou 43 mortes e 648 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo os dados da Secretaria estadual de Saúde. Ao todo, são 17.677 óbitos e 251.909 pessoas já infectadas pela Covid-19 desde o início da pandemia, em março.

Os novos dados mostram que a média móvel de mortes cresceu pelo terceiro dia seguido no estado. Houve aumento de 30% na comparação com duas semanas atrás, o que pode representar uma tendência de crescimento no contágio da doença no estado.

A média móvel agora passa a ser de 98 mortes e 1345 casos por dia.

A capital, Rio de Janeiro, lidera as estatísticas da Covid-19 no estado, com 98.162 casos confirmados e 10.495 mortes. Em número de casos, Niterói vem em segundo lugar com 12.395, mas é sexto em óbitos (413), atrás de São Gonçalo (695), Duque de Caxias (689), Nova Iguaçu (569) e São João de Meriti (420).


1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: