Israel pretende vacinar bebês a partir de abril


Foto: Pixabay

O jornal The Times of Israel noticiou neste domingo (16/1) que o Ministério da Saúde daquele país espera vacinar bebês e crianças pequenas em abril de 2022.


“Em Israel, as vacinas estão disponíveis agora para todos com cinco anos ou mais. Acredito que até abril isso será expandido para qualquer idade acima de seis meses”, afirmou nessa semana Asher Shalmon, diretor de relações internacionais do Ministério da Saúde, de acordo com o jornal israelense.


A Pfizer realiza testes clínicos desde o ano passado para reduzir a idade aprovada para sua vacina, de cinco anos para seis meses. De acordo com os resultaos positivos obtidos até agora, a expectativa é que os testes sejam aprovados e o imunizante liberado em março.


Segundo a farmacêutica “nenhuma preocupação de segurança foi identificada” até o momento, e a vacina “demonstrou um perfil de segurança favorável” para essa faixa etária.


De acordo com as pesquisas, os dados obtidos indicam que deverão ser aplicadas três minidoses de 3 microgramas cada — dez vezes menor que a dose acima de 12 anos e três vezes menor que a dose para crianças entre 5 e 11 anos.


O conselheiro para a pandemia do governo israelense, o epidemiologista Nadav Davidovitch, afirmou que Israel pretende imunizar esse grupo tão logo a vacina da Pfizer para os pequenos seja anunciada.

300x250px.gif
728x90px.gif