top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

J. Carlos Assis lança livros na ABI nesta terça (14/5)

Nesta terça-feira (14/5), a partir das 17h, o jornalista J. Carlos de Assis lançará três livros na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Centro do Rio: 'Os Sete Mandamentos do Jornalismo Investigativo', e os infanto-juvenis, 'Amazônia em Sonho' e 'A Conferência das frutas'.

O autor considera que o livro 'Os setes mandamentos do Jornalismo Investigativo' interessa tanto à velha guarda do jornalismo político e econômico brasileiro, como aos jovens jornalistas e formandos que queiram conhecer a trajetória de um profissional que, ainda sob a ditadura de 1964, contribuiu para a desmoralização do regime perante a opinião pública do país.


Para uma conversa sobre o Jornalismo Investigativo foram convidados os jornalistas Elenilce Bottari, Marcelo Auler e Jorge Antonio Barros, com a mediação do cineasta Sílvio Tendler.


O autor narra sete casos publicados e os meandros de sua investigação e publicação de crimes financeiros no jornal Folha de São Paulo, que abalaram os alicerces do regime autoritário. O único caso contestado pelo foi o da Capemi. O governo impetrou uma ação criminal contra o jornalista, logo derrubada na Justiça pelo recurso à “exceção da verdade”.


O objetivo da publicação do livro, segundo o autor, é o de orientar jovens jornalistas sobre o uso de um instrumento extremamente poderoso de defesa da verdade e da democracia: a liberdade de imprensa, mas que também contém riscos na sua utilização. Por isso toda reportagem tem que ser cercada por uma investigação rigorosa, que proteja autores e “investigados” contra a divulgação de notícias falsas. As atuais fake News.


A mesa redonda vai discutir as características, os limites e os riscos do jornalismo investigativo, assim como a sua contribuição para a sociedade.


O autor aproveita para fazer um convite a todas e todos:


“Traga seus filhos/netos para o lançamento de dois livros direcionados ao público infanto-juvenil, A Amazônia em Sonho e A Conferência das Frutas. O primeiro, um poema rimado na métrica de Camões – ele nasceu há exatamente meio milênio, em 1524-, narra a viagem fantástica de uma menina de seis anos sobre as asas de uma Arara-vermelha, que vai lhe mostrando animais, peixes e aves da floresta. O segundo, também rimado, narra um debate vivo entre frutas brasileiras durante um café da manhã, além de outros contos e fábulas".


A sede da ABI fica na rua Araújo Porto Alegre, 71, Centro do Rio.

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page