Jovem admite em conversa que matou policial em SG


Foto: Divulgação

Um jovem de 18 anos, suspeito de ter participado da troca de tiros que levou à morte o policial militar Thiago Lopes Gonçalves, teria admitido, em conversa informal com agentes do 7º BPM (São Gonçalo), que efetuou os disparos que mataram o PM. O caso aconteceu no último domingo (25/4), na Estrada da Conceição, no bairro Pronto Socorro Central de São Gonçalo.


Ferido durante o confronto, o suspeito foi encaminhado para o Pronto Socorro Central de São Gonçalo (PSC-SG), onde estava preso sob custódia. Na unidade de saúde, ele passou por uma cirurgia. Na última quarta-feira (28/4), o jovem foi transferido para a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), que está responsável por investigar o caso.


O delegado da DH explicou que ele já estava considerado como preso em flagrante pelo homicídio contra o PM mesmo antes de ser levado para o pronto socorro. Ainda na quarta-feira (28/4), o jovem prestou depoimento à polícia. Segundo a investigação, ele faz parte do tráfico do Morro dos Tabajaras, no Rio.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg