'Julho das Pretas' terá programação cultural em toda a cidade

Este ano, a cidade de Niterói vai celebrar as mulheres negras em grande estilo e com muita potência. O palco do Theatro Municipal de Niterói será ocupado por um programa duplo, na abertura do Julho das Pretas Niterói 2022, no dia 30 de junho, quinta-feira.

Quarteto de Cordas Nina’s / Divulgação

Haverá apresentação do espetáculo Motriz de performance de mulheres negras, realizado pelo Ponto de Cultura CEABIR, que vai trazer a força e a energia da dança das Iyagbas e demonstrar todo o encanto de Oxum e o sopro dos bons ventos de Iansã, as orixás femininas do panteão das divindades yorubás, que simbolizam o resgate da ancestralidade, a força para a conquista do respeito e a valorização da mulher preta.


A noite se encerra com a apresentação do Quarteto de Cordas Nina's – grupo instrumental que tem esse nome em homenagem ao ícone da música mundial e uma diva negra, Nina Simone – pianista, cantora, compositora, ativista pelos direitos civis dos norte-americanos.


O evento


O Julho das Pretas Niterói 2022, organizado por grupos, coletivos, órgãos governamentais da Prefeitura de Niterói e movimentos de mulheres negras da cidade, apresenta uma extensa agenda com atividades – em diversos territórios da cidade – distribuídas por todo o mês, que vai além de 25 de julho (dia em que tradicionalmente é celebrado a Mulher Afro-Latino Americana e Afro-Caribenha, além de ser o Dia Nacional de Tereza de Benguela).


Nesta primeira edição, o tema será ‘Mulheres Negras: Território, Acesso e Oportunidades’, cujo objetivo é afirmar como as mulheres negras têm se organizado em todas as esferas da sociedade para a garantia de direitos sociais. Um momento de cultura e compartilhamento de ideias.


Serão cerca de 30 atividades, realizadas por artistas, coletivos, instituições religiosas, grupos culturais, associações, Conselhos Municipais e órgãos da Prefeitura de Niterói, entre outras. Feiras com temática afro, como a Baobá; homenagens, como a entrega do Prêmio Marielle Franco e o Mulheres Negras em Destaque; lançamentos de livros; debate sobre a personagem Rosa Egipciana – a primeira autora negra do país, que será tema do enredo da GRES Viradouro em 2022; visitas guiadas ao Instituto Pretos Novos e à Pequena África, além de conversas abertas ao público e exposições estão entre as programações programadas para julho.


Sobre Nina’s:


O grupo é formado pelas musicistas oriundas da Orquestra de Cordas da Grota: Priscila Vidal, no 1º violino; Michelle Silva, no 2° violino; Izabella Cardozo, na Viola; e Raquel Terra, no violoncelo.


Serviço:


Julho das Pretas Niterói 2022

Data de Abertura: 30 de junho

Horário: 19h

Local: Theatro Municipal de Niterói

Endereço: Rua XV de Novembro, 35 - Centro, Niterói

Entrada gratuita

Retirada do ingresso com 30 minutos de antecedência

Classificação indicativa: livre


A programação e as informações completas serão divulgadas pelas redes sociais:


Facebook: Mês de Julho das PretasNiteroi2022

Instagram: julhodaspretasniteroi


Fonte: Departamento de Imprensa SMC/FAN

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif