Justiça absolve Messer por crimes que ele confessou


Identidade falsa do doleiro Dario Messer, absolvido por crimes que confessou na Lava Jato (Reprodução)

Conhecido como "doleiro dos doleiros", Dario Messer foi absolvido pela Justiça Federal do Rio de Janeiro por crimes que ele confessou ter praticado. Ele foi julgado no último dia 11 pelo juiz Carlos Adriano Miranda Bandeira, da 4ª Vara Federal do Rio. Messer havia sido denunciado por lavagem de dinheiro, evasão e associação criminosa, crimes investigados na Operação Sexta-Feira 13, de 2009, segundo a Folha de S. Paulo.

O doleiro confessou no âmbito da Lava Jato do Rio, em junho deste ano, durante uma negociação de delação premiada, que cometeu esses crimes. "Os fatos imputados na operação Sexta-Feira 13 em relação ao colaborador [Messer] são verdadeiros", informa o anexo 1 do acordo firmado com o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro e a Polícia Federal.

Em agosto, Dario Messer fechou acordo de delação premiada para devolver cerca de R$ 1 bilhão aos cofres públicos. A delação foi homologada na Justiça Federal do Rio pelos juízes Alexandre Libonati e Marcelo Bretas, da 2ª e da 7ª Vara Criminal, respectivamente, envolvendo cumprimento de pena de até 18 anos e 9 meses de prisão. O doleiro cumpre prisão domiciliar.


Messer é velho conhecido da Justiça e foi alvo da "Operação Câmbio, Desligo", realizada como desdobramento da Lava Jato.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: