Lewandowski envia para PGR notícia-crime contra Bolsonaro


Presidente Jair Bolsonaro e o filho, senador Flávio Bolsonaro (Fotos Públicas)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, encaminhou nesta terça-feira (11) à Procuradoria-Geral da República (PGR) um pedido para ser investigada a suposta intervenção do presidente Jair Bolsonaro para tentar livrar o filho senador, Flávio Bolsonaro (Republicanos), do caso das rachadinhas.

O ministro atende a um pedido da deputada Natália Bonavides (PT-RN) que aponta para possível uso de instituições do Estado "para produção de provas em favor do filho do presidente da República".

A medida adotada por Lewandowski é praxe no STF e está prevista nas regras internas da Corte.

Segundo a Constituição, a PGR é o órgão responsável pela investigação de políticos com foro privilegiado, caso de Flávio Bolsonaro. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

"Tamanha subversão das instituições não pode ficar sem a devida apuração e sem a responsabilização cabível", diz o documento enviado por Natália Bonavides, que pede abertura de inquérito.

A denúncia é baseada em uma reportagem da revista Época que mostrou que órgãos do governo teriam se articulado para tentar anular as investigações que envolvem o ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz.

O presidente Jair Bolsonaro teria se reunido com as advogadas do senador Flávio Bolsonaro em 25 de agosto no Palácio do Planalto. O encontro, que contou com a presença do chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, e do diretor da Abin, delegado federal Alexandre Ramagem, não constou na agenda oficial do presidente.

Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz e outras 15 pessoas foram denunciados pelo Ministério Público por organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e apropriação indébita no esquema das "rachadinhas".


Com a Sputnik

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também:

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle