top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Limpa Rio Comunidade recolheu 13 mil toneladas de lixo em 5 meses

Em apenas cinco meses de atuação, o programa Limpa Rio Comunidade já recolheu mais de 13 mil toneladas de resíduos sólidos. Neste período, a iniciativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade e do Instituto Estadual do Ambiente, realizou ações em 21 municípios fluminenses. O projeto consiste na limpeza manual de cursos d’água para desobstrução dos rios, além da educação e conscientização da população.

Divulgação / Governo do Estado do Rio

O Limpa Rio Comunidade já limpou 117 cursos d’água, em uma extensão de 36.894 metros. O programa visa melhorar a qualidade de vida das comunidades ribeirinhas e surgiu porque o programa Limpa Rio, que originalmente utiliza maquinário para o trabalho, tem dificuldade de acesso com os equipamentos aos locais que necessitam do serviço. Por isso, a iniciativa envolve a comunidade local para recolher, reduzir e, em alguns casos, eliminar o descarte de lixo nos rios.


"O programa deu um show em todo o Estado e já é referência e motivo de orgulho. Com políticas e ações como essas, iremos garantir, cada dia mais, um Rio de Janeiro com segurança ambiental para todos. Com a Agenda 2030 da ONU norteando os serviços, voltamos a ser referência nas políticas sustentáveis", afirma o vice-governador e secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha.


Desde agosto de 2022, o trabalho de limpeza manual passou pelos municípios de diversas regiões como Rio de Janeiro, Queimados, Petrópolis, Paulo de Frontin, Japeri, Resende, Itatiaia, Volta Redonda, Quatis, São Fidélis, Três Rios, Nova Iguaçu, Belford Roxo, São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande, Araruama, Rio das Ostras, Macaé, Quissamã, Carapebus e Cambuci.


Além dos rios, o Limpa Rio Comunidade realiza também a desobstrução de bueiros para melhorar o fluxo e escoamento de água nas áreas urbanas. O programa já tem roteiro definido para os próximos meses e deve passar pelos seguintes municípios: Volta Redonda, Iguaba Grande, Macaé, Itatiaia, Resende, Araruama e a capital, nos bairros de Santa Cruz e Cosmos.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page