top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Líridas e Cometa do Diabo riscam o céu do Brasil neste domingo

De hoje (domingo, 21/4) até terça-feira (23/4) será possível observar no Brasil a chuva de meteoros Líridas a olho nu. O fenômeno é causado pelo rastro de poeira deixado pelo Cometa Thatcher (C/1861 G1) e, segundo os astrônomos, alcançará maior intensidade na madrugada de segunda-feira (22/4), no período da meia noite até o amanhecer. De acordo com o astrônomo amador Jocimar Justino, da Bramon (Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros), o horário ideal para visualizar as Líridas será por volta das 4h.

A Bramon é uma organização colaborativa formada por voluntários interessados no tema. Embora a chuva de meteoros esteja ativa desde o dia 14 deste mês, ela continuará até o dia 30 de abril. A 'chuva' ocorre quando vários meteoros atravessam o céu noturno aparentemente a partir de um mesmo ponto, conhecido como radiante. No caso das Líridas, o radiante está localizado na constelação da Lira.


O astrônomo ressalta que as chances de observar o fenômeno em áreas urbanas são menores, em razão da iluminação elétrica nas cidades. Segundo Jocimar Justino, quem estiver em regiões mais afastadas dos centros urbanos terá uma experiência de observação mais satisfatória.

Cometa do Diabo


Também conhecido como 12P/Pons-Brooks, o 'Cometa do Diabo' poderá ser visto no Brasil a partir deste domingo (21/4), de acordo com o Observatório Nacional. Isto porque o cometa estará mais perto do sol e mais visível da Terra. Segundo o observatório, os habitantes do Nordeste já observam o cometa desde o dia 7 de abril. Mas os cientistas alertam que ele talvez não possa ser visto a olho nu.


"A intensidade do brilho desses objetos podem ser imprevisíveis. Por isso, é possível que haja a necessidade de fazer uso de outros instrumentos, tais como binóculos e telescópios", diz o astrônomo Filipe Monteiro.


Segundo ele, os observadores deverão olhar para o horizonte oeste, pois ele ficará visível logo após o pôr do Sol, primeiramente abaixo da constelação de Touro. Já a partir de maio, poderá ser observado abaixo da constelação de Órion, sempre por volta das 17:40 às 18:30 h.


No entanto, mesmo com o uso de equipamentos, a observação do cometa pode ser afetada pelas luzes da cidade e também pelo brilho da lua cheia.

תגובות


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page