Lojistas de Niterói esperam boas vendas no dia dos pais


Comerciantes de Niterói estão animados com a chegada do Dia dos Pais este ano, apostando no avanço da vacinação e nos indicativos de início de uma retomada econômica. Segundo levantamento do Instituto Fecomércio RJ, cerca de 40% dos fluminenses devem comprar presentes em função do Dia dos Pais, o equivalente a 5,6 milhões de pessoas, cada qual com um gasto médio de R$ 161,70, representando injeção financeira de R$ 901 milhões na economia do estado.

Comércio de rua em Icaraí / Foto: Luciana Carneiro, Prefeitura de Niterói

Quanto aos presentes preferidos este ano, o estudo do Instituto Fecomércio RJ apontou, em primeiro lugar, as roupas (52,5%); seguidas por calçados e acessórios (24,7%); perfumes ou cosméticos (18,5%); livros e Ebooks (8%), smartphones (8%); joias e relógios (7,4%) e computadores e tablets (2,5%).


O Instituto ainda destaca que itens de maior valor, como smartphones e relógios, por exemplo, tiveram sua intenção de compra dobrada em relação ao ano passado. Sobre onde vão adquirir esses itens, a sondagem identifica que os fluminenses estão divididos: 48,1% em lojas físicas, 24,1% em lojas online e 27,8% em ambas.


"Este será o primeiro Dia dos Pais nesta nova etapa, em que finalmente o país começa a sair do pesadelo da pandemia e da recessão econômica", define o presidente do Sindilojas Niterói, Charbel Tauil Rodrigues.


"Aos poucos, Comércio e Serviços estão retornando às suas rotinas, e os empregos igualmente estão voltando. É um instante muito positivo, sem dúvida, depois de todos os cenários assustadores que a população vem enfrentando. Isso muito provavelmente se refletirá no aquecimento das vendas", assinala.

vila_de_melgaco.jpg
Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3