top of page

Lula lamenta morte de presidente do Irã em queda de helicóptero


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou, nesta segunda-feira (20), a morte do presidente do Irã, Ebrahim Raisi, e do chanceler do país, Hossein Amir Abdollahian. Neste domingo (19), o helicóptero que transportava as autoridades caiu, sob forte neblina, em uma área montanhosa no noroeste iraniano.


Por meio de redes sociais, Lula desejou condolências aos familiares e ao povo iraniano. “Minhas condolências aos familiares de todas as vítimas, ao governo e ao povo iraniano”, escreveu Lula. Outras autoridades que estavam na aeronave e a tripulação também morreram.


As informações foram confirmadas na manhã desta segunda-feira, após cerca de 15 horas de buscas pelos destroços da aeronave. Além de Raisi, o helicóptero transportava mais oito pessoas: o imame Al-Hashem, da Mesquita de Sexta-feira de Tabriz, o ministro das Relações Exteriores, Hossein Amir-Abdollahian, o governador da província do Azerbaijão Oriental, Malik Rahmati, piloto, copiloto, o chefe da tripulação, o chefe da segurança e um guarda-costas.

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores também manifestou pesar em nome do governo brasileiro. “O governo brasileiro estende aos familiares do Presidente Raisi, do Chanceler Abdollahian e das demais vítimas, e ao governo e povo iranianos os mais sinceros sentimentos de solidariedade e pesar pelas irreparáveis perdas”, diz.


O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, nomeou o vice-presidente Mohammad Mokhber como chefe de Estado interino e decretou cinco dias de luto no país.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page