top of page

Lula vai propor que Brasil seja sede da COP30 em 2025


(Reprodução)

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai propor na COP27 que o Brasil seja a sede da COP30 , que ocorrerá em 2025. O petista chegará ao Egito nesta segunda-feira (14) para participar do evento que tem como objetivo fazer com que lideranças mundiais discutam os principais pontos das mudanças climáticas do planeta.


Lula é esperado com enorme expectativa por autoridades de diversos países. Ao longo das eleições 2022, ele prometeu combater o desmatamento da floresta Amazônica e defender projetos de sustentabilidade em parceria com outras nações. O presidente eleito é aguardado para saber quais medidas serão propostas pelo Brasil para resolver os problemas do Meio Ambiente .


Também está gerada a expectativa de quem será o ministro ou ministra da área. Marina Silva (Rede) é vista como favorita para ocupar o cargo. No entanto, até o momento não ocorreram conversas entre ela e o petista sobre o tema. Os dois demonstram foco apenas na COP27.


A conferência climática da ONU também colocará Lula frente a frente com John Kerry, enviado especial para o clima do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. O líder norte-americano tem muito interesse em firmar acordos com o Brasil em relação ao meio ambiente.


O presidente eleito brasileiro também pretende conversar com representantes do governo da Alemanha e da China, segundo informações do jornal O Globo. O evento está previsto para encerrar em 18 de novembro.


Lula e as reuniões

Em Sharm el-Sheikh, a comitiva de Lula será recebida pelo embaixador no Cairo, Antônio Patriota, ex-chanceler do governo de Dilma Rousseff. O ex-embaixador dos Estados Unidos é considerado um dos diplomatas mais respeitados e prestigiados do país.


O petista recebeu uma série de convites para se encontrar com lideranças que estão participando a COP27. No entanto, Lula precisou recusar algumas reuniões por incompatibilidades de agenda.


Um dos exemplos é em relação ao Reino Unido. O país tem enorme interesse em dialogar com o Brasil, mas as datas não bateram. A tendência que o presidente eleito marque uma reunião em breve.


Lula se encontrará com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres. O diálogo teve início em outubro, em Nova York, através de interlocutores. Agora os dois ficarão frente a frente.


O petista ainda estará em uma reunião bilateral com o presidente do Egito, Abdel Fatah al-Sisi.


Fonte: IG

300x250px.gif
728x90px.gif