Lutador José Aldo inaugura projeto social em São Gonçalo


Foto: Divulgação

Pensando em criar novas oportunidades para os jovens gonçalenses, o lutador do Ultimate Fighting Championship (UFC) José Aldo lançou oficialmente, neste sábado (2/10), o projeto socioesportivo “Formando Campeões - Escola de Lutas José Aldo”, no Colégio Municipal Estephânia de Carvalho, no Laranjal, que já acontece há uma semana.


O evento contou com a presença de José Aldo, do prefeito Capitão Nelson, do secretário de Educação, Maurício Nascimento, do secretário de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Douglas Ruas, e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcio Picanço, além dos vereadores Nelsinho e Beto da Serraria.


O projeto, que também acontece na Obra Comunitária São Francisco de Assis, no Jóquei, disponibiliza aulas de Muay Tai e Jiu Jitsu para crianças e jovens, de 8 a 17 anos, de ambos os sexos e, ao todo, beneficia 800 alunos de bairros carentes de São Gonçalo, preferencialmente matriculados na Rede Pública de Ensino.


Para participar, a criança deve procurar uma das duas unidades escolares. As atividades são realizadas no período da manhã e da tarde, no contraturno escolar.


As aulas têm como objetivo favorecer o desenvolvimento motor, cognitivo e afetivo-social das crianças, fazendo com que elas aprimorem as habilidades motoras e os fundamentos técnicos das artes marciais. Para o prefeito Capitão Nelson, é uma grande oportunidade de formar campeões, não só nas lutas, mas também na vida.


“É de extrema importância, principalmente com o problema que a gente vem atravessando agora em São Gonçalo, com a pandemia, com o alto índice de desemprego, ver esse trabalho voltado para as crianças, tirar essas crianças da rua e manter a cabeça delas ocupada. A gente até quer que alguém saia daqui campeão, mas na realidade a nossa intenção é formar homens de bem, essa é a grande finalidade. Que eles aprendam disciplina, arte marcial e que sejam pessoas de bem”, afirmou o prefeito Capitão Nelson.


O lutador José Aldo conversou com os alunos, além de presentear o prefeito com um cinturão simbólico por todo o seu apoio ao projeto.


“Agradeço pela oportunidade de trazer a Escola de Lutas José Aldo para as crianças. Como o prefeito falou, nossa intenção é formar pessoas de bem, é tirar os jovens do caminho do crime e colocar num caminho bom, que eles possam ser também um exemplo no futuro para outras crianças”, comentou José Aldo.


O secretário de Educação, Maurício Nascimento, vê esse momento como uma maneira de manter as crianças, na maior parte do tempo, na escola.


“Alguns podem não se tornar campeões nas artes marciais, mas nossa preocupação é formar cidadãos. A orientação do nosso prefeito é que possamos ampliar este projeto para outras escolas do nosso município”, completa Maurício Nascimento.


A aluna matriculada no projeto Manuela Abrantes, de 14 anos, mora perto do Colégio Municipal Estephânia de Carvalho e viu, ali, uma oportunidade de começar a lutar.


“Eu já gostava de lutas, eu sempre quis fazer, mas não tinha nenhum lugar aqui por perto, então, quando vi essa oportunidade eu vim correndo para cá. Eu não estudo nessa escola, mas moro aqui perto e o projeto veio para realizar o meu sonho”, explica Manuela Abrantes.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif