Máscara portuguesa promete inativar o coronavírus


Máscara testada contra o novo coronavírus e aprovada pelo Instituto de Medicina Molecular em Lisboa (Divulgação)

Uma marca de roupa de Portugal afirma ter criado máscara que elimina vírus, incluindo o coronavírus, e bactérias com eficiência de 99%, utilizando tecnologia inovadora.

A máscara foi desenvolvida pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes, em Lisboa, com parceria entre empresas e centros acadêmicos.

O equipamento da fabricante MO, chamada MOxAd-Tech, mantém sua eficiência mesmo depois de ter sido lavada até 50 vezes. O seu acabamento possui um princípio ativo cuja ação antimicrobiana duradoura foi comprovada em laboratórios na Europa.

Entre os benefícios ressaltados pela MO estão: ação antimicrobiana contra bactérias, vírus, fungos e algas; prevenção de emissão de maus odores; prevenção contra a contaminação cruzada; a máscara possui proteção repelente de gotículas, que são um dos meios de transmissão do vírus.

"O mecanismo de eliminação dos microrganismos funciona por punção mecânica, ao contrário dos tradicionais métodos que utilizam partículas pesadas e induzem o envenenamento bacteriano", publicou a MO fazendo ênfase na tecnologia inovadora.

Além das vantagens à saúde, o material também é reciclável e não contém metais pesados.




300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif