Macron derrota extrema direita e é reeleito na França


O presidente reeleito, Emmanuel Macron (Reprodução)

O presidente da França, Emmanuel Macron, foi reeleito neste domingo (24) para um novo mandato. Ele derrotou, pela segunda vez seguida, a candidata de extrema-direita Marine Le Pen.

Segundo os resultados finais, o centrista Macron, do A República Em Marcha, obteve 58,54% dos votos contra 41,46% da ultradireitista Le Pen, do Reunião Nacional (RN). A abstenção, extremamente alta para o padrão histórico da França, foi de 28%.

Após a divulgação da projeção que mostrou a vitória de Macron, ele foi recebido por milhares de apoiadores que estavam reunidos nas proximidades da Torre Eiffel.

Ao discursar, o presidente reeleito reconheceu que os próximos cinco anos não serão fáceis e que será presidente de uma França dividida.

"Já não sou o candidato de alguns, mas o presidente de todos", afirmou Macron, que também venceu Le Pen na eleição anterior.

A votação foi aberta às 8h no horário local (3h em Brasília) e encerrada às 20h (15h em Brasília).


Com informações da RTP Internacional

300x250px.gif
728x90px.gif