top of page

Maio Amarelo: aula de primeiros socorros para entregadores

As atividades do mês de conscientização e segurança no trânsito continuam. A Prefeitura de Niterói realizou, nesta segunda-feira (22/5), uma ação com 80 motociclistas e ciclistas entregadores que trabalham na cidade. Os trabalhadores receberam aula sobre educação, segurança viária e legislação e depois participaram de uma aula prática sobre ponto cego e primeiros socorros. O Maio Amarelo é uma iniciativa da Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) e, este ano, tem como tema “No trânsito, escolha a VIDA!”.

Foto: Bruno Eduardo Alves / Prefeitura de Niterói

A chefe do departamento de Educação Para o Trânsito da NitTrans, Priscilla Rocha, destacou a participação ativa dos profissionais de delivery.


“Hoje tivemos mais uma capacitação em segurança viária, educação e legislação de trânsito, além de primeiros socorros para motociclistas e ciclistas de delivery. Os profissionais tiveram um momento teórico quando puderam interagir e participar falando sobre segurança viária, educação para o trânsito, a importância do uso dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) de forma correta e atualização da legislação de trânsito. A atividade prática foi sobre ensinamentos de primeiros socorros e ponto cego dos caminhões onde, mais uma vez, foi enfatizada a importância dos veículos maiores protegerem os menores, como está no código de trânsito, e todos protegerem os pedestres. A participação deles foi muita ativa e isso foi bem bacana”, explicou Priscilla Rocha.


Segundo Priscilla, a capacitação foi também um momento para tirar dúvidas. “A grande maioria, por incrível que pareça, desconhece conceitos simples como ciclovia e ciclofaixa. Também falamos sobre circunstâncias passíveis de levar multas e eles puderam aprender como agir em uma situação de sinistro de trânsito com os ensinamentos de primeiros socorros”, reforçou a chefe do departamento de Educação Para o Trânsito.


O Maio Amarelo acontece durante todo o mês com diversas atividades na cidade com o objetivo de conscientizar a categoria de motociclistas profissionais sobre segurança viária e legislação de trânsito. A ação foi pensada em conjunto com uma associação de Motoboys e Mototaxistas que atuam em Niterói e São Gonçalo.


Rodrigo da Silva tem 35 anos e atua como motoboy em Niterói há pelo menos 15. Ele ressaltou a importância do treinamento. “Sou motoboy aqui no município de Niterói há pelo menos uns 15 anos e esse curso de hoje trouxe um uma conscientização legal e uma perspectiva até melhor para o futuro. Acredito que não só eu como os colegas aqui presentes vão replicar isso que foi aprendido. Vou tentar fazer o meu papel que é levar à frente o que foi ensinado e passado aqui hoje”, contou.


Pai de quatro filhos, Jorge Luiz Santos, 47 anos, também trabalha há 15 como motociclista. “Esse curso vai me ajudar muito, pois eu tinha uma visão diferente. Cada dia eu aprendo mais e hoje vou passar o que foi ensinado para os meus filhos e amigos”, disse Jorge.


As atividades do mês de conscientização também incluíram treinamento com motoristas de coletivos e taxistas e abordaram a importância da Direção Defensiva, da manutenção preventiva, a atualização da legislação de trânsito, segurança viária e educação.


O Maio Amarelo é um movimento proposto pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como objetivo colocar em pauta o tema segurança viária. Durante o mês de maio, estão ocorrendo ações destinadas a diferentes públicos, como a capacitação para profissionais como motociclistas, entregadores, motoristas de ônibus e taxistas. São mais de 20 atividades desenvolvidas para mobilizar todos os setores da sociedade na participação das ações de educação e de prevenção de acidentes de trânsito.


As ações são planejadas pela NitTrans em parceria com Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Municipal de Educação, Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim), Grupo Executivo do Caminho Niemeyer, Coordenadoria Niterói de Bicicleta, Pacto Niterói Contra a Violência, Secretaria Municipal de Governo, Secretaria das Culturas e Fundação de Artes de Niterói, Secretaria de Acessibilidade, Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, Subsecretaria Municipal de Trânsito e Transporte, Ecoponte, Arteris Fluminense, Indutil, SGA Toyota, Sest Senat, Setrerj, Imprensa Oficial, Evo Bike & Bistrô e Bike Anjo.


Crianças e Jovens


O projeto ‘Circolando de Bem com a Via’, voltado para crianças e jovens, aconteceu no Horto do Barreto e também no Campo de São Bento. O Circolando é uma iniciativa da Ecoponte que, em parceria com a NitTrans, desenvolve de forma lúdica a consciência sobre educação e segurança no trânsito.


Para o presidente da NitTrans, Gilson Souza, é fundamental incluir o tema da segurança no trânsito na rotina das crianças.


“Esse projeto é muito importante porque tem foco nas crianças e as crianças acabam mudando os pais. A criança, sabendo que tem que atravessar na faixa, que é preciso usar o cinto de segurança, passa a cobrar dos pais essa postura. Tanto no mundo quanto no Brasil, as maiores vítimas de sinistros no trânsito são adolescentes e jovens, de 14 a 29 anos. A segunda faixa mais vitimada é a de crianças de 0 a 13 anos. Por isso é tão importante essa conscientização”, defende Gilson Souza.


A atividade acontece com apresentações teatrais, materiais e dinâmicas pedagógicas com instruções referentes à segurança viária. As atrações são realizadas dentro de uma estrutura itinerante adaptada com 32 lugares, equipada com confortáveis poltronas estofadas, som e imagem digital, ar condicionado, isolamento acústico e mini palco.


Além da apresentação teatral, os participantes recebem um material informativo e podem desenvolver o aprendizado em atividades práticas ministradas pela equipe de educação para o trânsito em uma mini pista itinerante educacional.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page