Mais um corpo carbonizado no piscinão macabro de SG


Foto: Divulgação

Inaugurado em 2004 ao custo de R$13 milhões de reais, o piscinão de São Gonçalo foi fechado em 2008 para reforma, que custou R$4 milhões, foi reaberto em 2010 e está abandonado desde 2014. O espaço, localizado no bairro Boa Vista, transformou-se em um local macabro desde então, onde diversos crimes são registrados.


Um corpo carbonizado foi encontrado em um terreno baldio, na Rua Formosa, próxima ao piscinão, na manhã desta sexta-feira (9/7). É o segundo caso em menos de um mês. A Polícia Militar informou que foi acionada para atender a ocorrência de encontro de cadáver, que teria sido encontrado por populares, que fizeram o acionado via 190. Os policiais foram ao local e confirmaram o fato.


A vítima, segundo os policiais, é um homem. A área foi isolada e a equipe da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) foi acionada para fazer a perícia. A especializada registrou a ocorrência e abriu investigação para apurar a motivação e a autoria do crime. O cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de São Gonçalo, no bairro Tribobó, onde passará por procedimentos para que seja identificado.


Caso anterior


Há menos de um mês, no dia 22 de junho, um veículo, modelo Chevrolet Corsa, foi encontrado totalmente queimado no local, com um corpo carbonizado no interior, em um terreno abandonado próximo ao piscinão. Sobre esta ocorrência, a Polícia Militar afirmou que agentes do 7º BPM (São Gonçalo) foram acionados para verificar o fato, mas não deu maiores detalhes sobre o caso.


Devido ao avançado estágio de carbonização e decomposição, não foi possível identificar características como cor, sexo e idade aparentes. A DHNSG também abriu investigação.

vila_de_melgaco.jpg
Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3