top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Manifestação pede paz e homenageia porteiro morto a facadas

Pais e familiares, funcionários e alunos do colégio MV1 de Icaraí, além de moradores do bairro, fizeram um ato público na manhã deste sábado (24/2), em homenagem à memória de Sebastião Lair Hipólito, de 65 anos, porteiro que foi assassinado a facadas na sexta-feira (23/2), na porta da unidade escolar, na Rua Gavião Peixoto. Sob forte comoção, levando balões brancos, eles pediram paz, o fim da violência e cobraram justiça.

Sebastião, ou Tião, como era carinhosamente chamado pela comunidade escolar, foi morto por Renan de Oliveira da Silva Santos, de 21 anos. Ele tentou invadir a escola para cometer furtos. O porteiro tentou impedir a ação e acabou sendo esfaqueado. Mesmo aposentado, Sebastião continuava trabalhando para complementar a renda.


Renan de Oliveira da Silva Santos já havia sido preso duas vezes por outros crimes. Após esfaquear o porteiro, ele fugiu e roubou uma bicicleta e um celular no bairro de Santa Rosa, mas foi encontrado por agentes do programa Segurança Presente.

Ainda na sexta (23/2), a unidade de Icaraí do MV1 divulgou nota de pesar.


"Ao abrir as portas da nossa escola, cumprindo sua rotina diária, ele foi atacado por uma pessoa em situação de rua, que o atingiu covardemente pelas costas. Estamos profundamente consternados pela perda irreparável de uma pessoa gentil, educada e responsável. Que nosso amigo Sebastião descanse em paz, e que sua memória permaneça entre nós".


Renan da Silva Santos foi levado para a 77ª DP (Icaraí). A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) investiga o caso. O enterro de Sebastião Lair Hipólito será na tarde deste sábado (24/2), no Cemitério do Maruí, no Barreto.


留言


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page