top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Maricá discute propostas para o Plano de Mobilidade Urbana


Foto: Reprodução

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Urbanismo, iniciou nesta segunda-feira (20/03) as oficinas para elaboração de propostas do Plano Municipal de Mobilidade Urbana. Na reunião, realizada no Caxito, as equipes das autarquias Serviço de Obras de Maricá (Somar), da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) e da Secretaria de Trânsito e de Engenharia Viária indicaram os projetos viários de infraestrutura, em execução, que serão incluídos no documento final.


Entre as ações apresentadas, os gestores sugeriram vias alternativas de acesso ao aeroporto municipal para desafogar o Centro da cidade; a criação de um sistema viário para os parques industrial, no distrito de Ponta Negra, e tecnológico, em Ubatiba.


A Somar indicou as obras do viaduto do Flamengo, a duplicação da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) até o bairro Condado e a pavimentação de ruas em Itaipuaçu. Já a Secretaria de Trânsito apontou que está em estudo a criação de um sistema binário para melhorar o trânsito na rotatória da Mumbuca, um dos principais gargalos da região central e via de ligação à rodovia.


“As informações que temos são baseadas em entrevistas, oficinas e pesquisas feitas com a população. Agora, viemos conhecer os projetos das secretarias e autarquias para construção de propostas que estarão no Plano de Mobilidade”, destacou o secretário de Urbanismo Celso Cabral.


Nesta terça-feira (21/3), às 13h30, a oficina será aberta à população e acontecerá na Universidade Vassouras (Avenida Roberto Silveira, 437 – Flamengo). A terceira audiência pública, com apresentação das propostas, acontecerá no dia 26 de abril no auditório do Banco Mumbuca, no Centro.


A oficina faz parte da etapa de propostas para o Sistema de Mobilidade Urbana de Maricá. Neste documento serão incorporadas contribuições das atividades participativas e indicações para a melhoria de serviços, estruturas e funcionamento de questões relacionadas ao deslocamento.


O documento vai incorporar soluções para aumento da capacidade viária, ampliação da malha cicloviária, propor intervenções para minimização de pontos críticos de congestionamento e acidentes; indicar novas ligações de linhas de ônibus, entre outras questões.


“Vamos continuar trabalhando e investindo em maneiras de tornar o processo de desenvolvimento do plano de mobilidade abrangente, participativo e qualificado porque são questões importantes que impactam na qualidade de vida da população”, afirmou o secretário.


Questionário online para população


Até o dia 27/03, a Secretaria de Urbanismo, em parceria com o Instituto Darcy Ribeiro (IDR), disponibiliza um questionário online para coletar informações sobre o trânsito, transporte e locomoção na cidade. Por meio do site, o morador informa os dados pessoais (nome, e-mail, bairro em que reside e se possui alguma deficiência), clicando em ‘consulta online’.


Após confirmar o cadastro inicial, o formulário dará acesso a um mapa onde o cidadão poderá marcar questões sobre acidentes frequentes de trânsito, engarrafamentos, problemas na calçada, falta de travessia de pedestres, ônibus lotados, falta de ciclovia, entre outros. Nesse documento, também será possível descrever o que o cidadão espera ser solucionado com o Plano de Mobilidade. As questões respondidas serão contempladas no documento 5 que irá conter as propostas para a mobilidade no município.

Opmerkingen


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page