Maricá inaugura hospital para casos graves de coronavírus

A prefeitura de Maricá inaugurou nesta sexta-feira (1º) o Hospital Municipal Che Guevara. O Che, como foi apelidado, vai funcionar apenas para o atendimento de casos do Covid-19. A unidade hospitalar levou cinco anos para ser construída, e na opinião do prefeito Fabiano Horta (PT), não poderia ter chegado em hora melhor. “O Che significa a luta pela vida, a luta pela solidariedade como um valor entre nós. Para o povo de Maricá, é a afirmação do direito à saúde como um bem básico", disse.

Foto: Evelen Gouvêa / Prefeitura de Maricá

O hospital foi projetado para oferecer 137 leitos, mas funcionará exclusivamente com 35 vagas para pacientes em estado grave, que serão transferidos de outras unidades de saúde. Esse número poderá chegar a 70. Dependendo da evolução da doença na cidade, a prefeitura poderá instalar novos leitos. O ex-prefeito da cidade, Washington Quaquá — idealizador do hospital que tem o nome do médico e líder revolucionário — enviou à cerimônia um depoimento em vídeo. “Nesse momento de uma terrível pandemia que assola o mundo, ter o Che Guevara funcionando não tem preço”, afirmou.

300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif