Maricá lança sistema de informações para reduzir burocracia


Foto: Divulgação

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Fazenda (Sepof), lançou nesta terça-feira (14/6) o Sistema Municipal de Informações de Maricá (Sinformar), que deverá estar disponível ao público a partir de julho, com o intuito de mobilizar o máximo de recursos potenciais – sejam eles técnicos ou humanos, internos e externos – para construir um sistema de inteligência coletiva, voltado à produção de dados, informações e conhecimentos sobre o município, diminuindo a burocracia.


O seminário aconteceu no Cine Henfil, no Centro, com plateia de gestores e representantes de diversos órgãos municipais.


O Sinformar irá reunir, gerir, integrar e atualizar as informações sobre Maricá, estabelecendo um canal de comunicação eficiente entre os órgãos municipais, subsidiando as políticas públicas e promovendo a participação popular e a transparência ativa das informações. O coordenador do sistema, Vinícius Moro, chama a atenção, no entanto, para a diferença fundamental deste para outras plataformas de informação, como o Portal da Transparência.


“A principal distinção é que no Sinformar são inseridos dados abertos e em atualização permanente. As secretarias trabalham de forma integrada para fornecer as informações e todos os órgãos públicos integram o Sinformar, sejam eles da administração direta ou indireta. População, imprensa e órgãos de controle poderão encontrar quaisquer informações por lá. Nele, haverá dados que vão da quantidade de escolas e postos de saúde à situação de imóveis da cidade, com informações georreferenciadas. Se uma informação não estiver no Sinformar, dificilmente vai estar outra plataforma”, explicou Moro.


O secretário de Planejamento, Orçamento e Fazenda, Leonardo Alves, reforçou que através do Sinformar, as informações estarão unificadas no que diz respeito à Maricá. “Gestores e cidadãos vão ter informações completas e atualizadas constantemente, com essas referências geográficas e estruturais, o que vai facilitar também o cruzamento de dados. Tudo sobre a cidade vai estar neste sistema”, disse.


Fonte de dados atualizados


O principal fornecedor de informações mais atualizadas do novo sistema será o Instituto Municipal de Educação e Pesquisa Darcy Ribeiro (IDR). O diretor de informação do órgão, Diego Maggi, explicou que todos os levantamentos já realizados e os próximos a serem feitos vão constar no Sinformar, apenas observando a Lei Geral de Proteção de Dados (lei nº 13.709, de 14 agosto de 2018).


“Isso quer dizer que muitas das informações disponíveis ao grande público serão desidentificadas, constando somente o essencial e sem dados pessoais. O sistema prevê, inclusive, fornecimento de informações vindas de sensores que captam o calor corporal que as pessoas fornecem, entregando seu posicionamento e movimentação – estes não serão dados públicos”, esclarece Diego.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg