Maricá sedia 7º Encontro de Blogueiros e Ativistas Digitais


Foto: Reprodução

O município de Maricá sedia a partir desta sexta-feira (22/7) a 7ª edição do Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais, no Cine Henfil, no Centro, que reunirá até domingo (24/7) profissionais da comunicação, cultura e do ativismo digital, para debater estratégias e trocar experiências. A abertura será a partir das 18h desta sexta-feira (22/7), com a participação do prefeito Fabiano Horta. O evento será transmitido ao vivo por meio do canal do YouTube.


Ao longo do fim de semana, estarão em pauta discussões sobre temas desafiadores, especialmente na comunicação, em meio ao aprofundamento do fenômeno das notícias falsas, com a participação de representantes de diversas entidades, como a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação e União Nacional dos Estudantes (UNE).


Entre os assuntos que serão abordados estão: “Civilização ou barbárie: o que está em jogo na eleição”; “Como enfrentar a guerra suja da campanha eleitoral”; e “Uma plataforma para democratizar a comunicação”. Estão previstas ainda homenagens ao jornalista Paulo Henrique Amorim, morto em 2019 vítima de infarto; e à vereadora Marielle Franco (assassinada no Rio de Janeiro em março de 2018), entre outras personalidades. Também fazem parte da programação o lançamento de livros, rodas de conversas e exibição do filme sobre Julian Assange.


Confira a programação completa:


22 de julho, sexta-feira, às 18 horas


Abertura: Cido Cidoli (SP) e Débora Cruz (DF)


– Apresentação dos objetivos e dinâmica do evento;

– Apresentação da cidade e das experiências de Maricá – prefeito Fabiano Horta;

– Homenagem a Paulo Henrique Amorim – Geórgia Pinheiro;

– Homenagem a Marielle Franco – Antônio Francisco da Silva Neto (pai de Marielle);

– Homenagem a Alexandre Teixeira – Henrique Pizzolato;

– Homenagem a Antonio Barbosa Filho – Kado Moura (filho)


22 de julho, sexta-feira, às 19 horas


“Civilização ou barbárie: O que está em jogo na eleição” – mesa: Eliara Santana (MG) e Theo Rodrigues (RJ)


– Hildegard Angel – jornalista;

– Gilmar Mauro – coordenação do MST;

– Txai Suruí – ativista indígena do povo Paiter Surui;


23 de julho, sábado, às 9 horas


“Como enfrentar a guerra suja da campanha eleitoral” – mesa: Larissa Gould (SP) e Oscar Barros (PI);


– Maria José Braga – presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj);

– Octávio Costa – presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI);

– Letícia Sallorenzo – jornalista, linguista e autora do livro “Gramática da manipulação”;

– Rita Von Hunty (Tempero Drag);


23 de julho, sábado, às 14 horas


“Uma plataforma para democratizar a comunicação” – mesa: Tania Mandarino (PR) e Dimas Roque (BA);


– Beth Costa – coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC);

– Renata Mielli – coordenação do Centro de Estudos Barão de Itararé;

– Sergio Amadeu – professor da Universidade Federal da ABC (UFABC), criador e apresentador do podcast Tecnopolítica;


23 de julho, sábado, às 16 horas


Lançamento dos livros:


– Como derrotar o fascismo – Renato Rovai e Sérgio Amadeu;

– Novos rumos da comunicação comunitária no Brasil – André Fernandes (org.);

– De Lula a Bolsonaro: combates na internet – Rodrigo Vianna;


23 de julho, sábado, 17 horas – Roda de conversa e troca de experiências


Grupo 1. Coordenação e relatoria: Luciana Oliveira (RO) e Lissandro Nascimento (PE)

– Miguel do Rosário (O Cafezinho e revista Fórum);

– Roni Barbosa (Brigadas Digitais da CUT);


– Grupo 2. Coordenação e relatoria: Amanda Rodrigues (PB) e Fred Noleto (GO);

– Kiko Nogueira (DCM);

– Gilberto Souza (Correio do Brasil);


– Grupo 3. Coordenação e relatoria: Daniel Dantas (RN) e Andressa Flores (RS)

– Anderson Moraes (Empoderado);

– Fernando Brito (Tijolaço);

– Renê Silva (Vozes da Comunidade – Complexo da Maré-RJ);

– Bruna Brelaz (presidenta da UNE);

24 de julho, domingo, das 9 às 13 horas


Coordenação: Conceição Oliveira e Altamiro Borges;


– Saudação das delegações latino-americanas. Coordenação: Cláudio Machado;

– Experiência do ComunicaSul na Colômbia – Felipe Bianchi;

– Apresentação do documentário “Não foi acidente, mataram meu pai” – diretora Jana Sá (1h10);

– Lançamento dos livros:

– Democratizar a comunicação – Theófilo Rodrigues e Larissa Ormay (org.);

– O outro lado – Amanda Rodrigues;

– Filme sobre Julian Assange;

– Aprovação da Carta do 7º Blogprog e eleição da nova comissão nacional do Blogprog; um representante por estado – responsável Cido (30 minutos);

300X350px_Negra.gif