top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Marrocos, a zebra africana bate Portugal e faz história


Na ilustração divulgada pela Fifa, o atacante marroquino En-Nesyri sobe como um foguete e marca gol inédito

Marrocos fez história no Catar. Pela primeira vez uma equipe africana chega à semifinal da Copa do Mundo. Com inteligência e uma sólida defesa, o time derrotou Portugal por 1 a 0 e vai encarar o vencedor de França x Inglaterra.


A primeira boa chegada foi de Portugal, logo aos três minutos. Cobrança de falta pela direita que João Félix completou de cabeça. Bono pulou no canto esquerdo e conseguiu jogar para escanteio. Marrocos respondeu logo em seguida, e também na bola aérea, mas En-Nesyri completou cruzamento para fora.

A equipe africana apostava nos lançamentos pelo alto e quase abriu o placar aos 25 minutos, e novamente com En-Nesyri após passe de Ziyech, mas o atacante finalizou mal. Foi a vez de Portugal mostrar que também podia assustar. João Félix tentou aproveitar rebote e chutou forte. A bola desviou na defesa e passou muito perto do gol de Bono.


Na terceira boa chegada por cima, Marrocos abriu o placar. Attiat-Allah desarmou o adversário no campo de ataque e cruzou na área. Diogo Costa saiu mal e En-Nesyri, desta vez, não desperdiçou. Ele pulou no terceiro andar e cabeceou como manda o figurino para fazer 1 a 0 no estádio Al Thumama.

Os portugueses não desanimaram e partiram para o ataque. O empate só não veio aos 44 minutos porque o travessão salvou Bono. Bruno Fernandes descolou um belo chute pela direita, encobriu o goleiro marroquino, mas a bola explodiu na baliza. O time europeu ainda reclamou de um pênalti de Hakimi em Bruno Fernandes, mas o árbitro argentino Facundo Tello mandou seguir.


A segunda etapa começou com Marrocos quase ampliando. Ziyech cobrou falta pela direita e El Yamiq desviou na primeira trave, obrigando Diogo Costa a fazer grande defesa. O técnico português então decidiu mudar. Raphaël Guerreiro e Rúben Neves saíram para as entradas de João Cancelo e Cristiano Ronaldo.


Com CR7 em campo, Portugal passou a ter o domínio da partida e era pouco ameaçado por Marrocos. A pressão começou a dar resultado. Aos 18 minutos, Bruno Fernandes recebeu passe de Otávio e bateu forte, na entrada da área. A bola passou muito perto do gol.

A melhor jogada de Portugal veio aos 38 minutos. Boa troca de passes pela direita entre Ricardo Horta, Cristiano Ronalo e João Félix, que soltou a bomba de perna esquerda de fora da área. Bono voou e fez uma defesaça, salvando Marrocos.


A equipe africana teve a chance de ampliar aos 45 minutos em contra-ataque desperdiçado por Cheddira. Portugal tentou chegar com Cristiano Ronaldo, mas o camisa 7 parou em mais uma boa intervenção do goleiro Bono.


Já nos acréscimos, Cheddira fez falta dura em João Félix e recebeu cartão vermelho. Com um a menos, os Leões do Atlas souberam se defender e ainda perderam uma oportunidade clara com Aboukhal que, cara a cara com Diogo Costa, tentou dar uma cavadinha e jogou em cima do goleiro.


No último suspiro de Portugal, aos 52 minutos, Pepe subiu sozinho depois de cruzamento pela esquerda, mas cabeceou para fora. A semifinal contra França ou Inglaterra será disputada na quarta-feira (14), no Estádio Al Bayt, às 16h.


Veja a seguir a homenagem do site da Fifa a Cristiano Ronaldo. "Obrigado, Cristiano".



Com a Agência Brasil

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page