Martha Rocha morre pobre, aos 87 anos, em Niterói


Martha Rocha, primeira Miss Brasil e considerada uma das mulheres mais bonitas do planeta, morreu em Niterói, aos 87 anos. Ela vivia há seis anos na cidade, trazida pelo filho Álvaro Piano, com quem morou. Insuficiência seguida de infarto foi a causa da morte, segundo ele. Martha Rocha foi enterrada neste domingo (5), no Cemitério Santíssimo Sacramento.

Martha Rocha eleita Missa Brasil em 1954

A eleição para Miss Brasil aconteceu em junto de 1954, em concurso realizado no Hotel Quitandinha, em Petrópolis, na serra fluminense. No mesmo ano, Martha Rocha disputou o título de Miss Universo, ficando em segundo lugar por causa das famosas "duas polegadas a mais". A norte-americana Miriam Stevenson foi a vencedora na ocasião.

Nascida em Salvador, Martha Rocha teve dois filhos - Álvaro e Carlos - com o banqueiro português Álvaro Piano, que morreu em um desastre de avião. Viúva com apenas 23 anos, ela voltou para o Brasil, casando-se com Ronaldo Xavier de Lima, com quem teve uma filha, a artista plástica Claudia Xavier de Lima.

Os últimos anos foram difíceis para Martha Rocha, que teria, em 1995, perdido todo seu dinheiro para um cunhado. "Em 1995, com a fuga de Jorge Piano com todo o meu dinheiro, superei meus problemas com suporte de meus dois filhos, duas amigas e o meu trabalho honrado, vendendo os quadros pintados por mim, e ganhando cachê para divulgar o concurso Miss Brasil", relatou em uma rede social.

Ela viveu em um lar de idosos em Volta Redonda, Sul fluminense, até seis anos atrás, quando, doente e acamada, foi trazida pelo filho Álvaro para Niterói.

Durante os últimos dois anos, a eterna Missa Brasil, viveu na Pousada Grupo Caminha, uma casa ampla com piscina e jardins, exclusiva para idosos, no bairro de Icaraí, onde faleceu, às 12h30 do último sábado.

Assista o filme com imagens históricas de Martha Rocha:



300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif
Toda Palavra 076 - p 4-5.jpg

Leia a versão digital da edição impressa do TP