top of page

Material escolar: Procon aponta 600% de variação nos preços

Nesta quarta-feira (10/01), o Procon Estadual do Rio de Janeiro, divulgou pesquisa de preços de 157 itens escolares mais procurados neste período. Entre os produtos apurados, há canetas, borrachas, lápis, corretivos, entre outros. Em 10 sites pesquisados, variações de mais de 600% entre produtos da mesma marca foram identificadas. Além disso, a autarquia lançou uma cartilha de volta às aulas com importantes orientações.

Em análise à pesquisa, os agentes encontraram variações consideráveis no valor do mesmo produto entre os sites, como uma borracha branca, que variou 639,13% e uma borracha plástica com cinta que, em um determinado site, custava R$ 1,38 e em outro R$ 9,90. Já a menor variação é de uma tesoura, que oscilou 3,16%, enquanto a segunda menor variação, se deu no caderno de caligrafia de 48 folhas, que variou 3,41%.


O monitoramento também apurou a média de preços dos produtos e constatou que as maiores foram verificadas nos valores de um compasso de precisão e também de uma agenda. Já as menores médias foram encontradas em borrachas.


"Esse levantamento de valores já é uma tradição no Procon RJ e ajuda o consumidor a economizar, pois comprovamos que, se houver pesquisa, é possível encontrar o mesmo produto, da mesma marca, em estabelecimentos diferentes, com grandes variações de preços", afirma Cássio Coelho, presidente da autarquia.

Observando as principais dúvidas que os pais e responsáveis têm nessa época do ano, o Procon Estadual divulgou cartilha com orientações sobre lista de material escolar, matrícula, rematrícula, reajuste, entre outros temas. O consumidor deve ficar atento não apenas à variação nos preços, mas também em relação aos excessos nas listas de material solicitadas pelas escolas.


O Procon-RJ esclarece que a pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 5 de janeiro de 2024, podendo os valores terem sofrido alterações. Além disso, como o levantamento foi feito em e-commerce, a autarquia buscou sempre o menor valor entre os fornecedores.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Commentaires


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page