Menina esfaqueada pelo padrasto em SG recebe alta


Foto: Divulgação

A jovem Emylli Vitória Pereira Felício de Souza, de 5 anos, esfaqueada nove vezes pelo namorado na mãe, no dia 8 de junho, no bairro de Vista Alegre, em São Gonçalo, recebeu alta na manhã desta quinta-feira (17/6). Na ação, a mãe da criança, Ana Caroline Lopes Felício, de 29 anos, acabou morrendo.


A criança estava internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI Pediátrico) do Hospital Estadual Alberto Torres (Heat) e deixou o local acompanhada do pai, Diego Souza dos Santos. Emylli recebeu aplausos dos médicos, enfermeiros, funcionários administrativos e dos parentes de pacientes internados no CTI, que acompanharam de perto as ações realizadas pela equipe médica para salvr a vida da menina.


“Como o próprio nome dela diz, Emylli é uma vitória. Foi uma guerreira nestes últimos dias. Foi entubada, entrou em ventilação mecânica e recebeu doses fortes de medicação, além de transfusões sanguíneas. Mas, com a ajuda de Deus, conseguimos reverter o quadro e hoje ela está indo para casa”, disse feliz a coordenadora médica do CTI pediátrico, Leila Alves.


O avô de Emylli, que também foi alvo do acusado, voltou ao Heat nesta quinta-feira (17) para realizar um novo procedimento cirúrgico. José Felício, de 65 anos, levou uma facada no rosto e outras duas na região torácica. Sua esposa, Leda, de 63 anos, também foi ferida, mas recebeu alta e passa bem.


De acordo com a Polícia Civil, o autor do crime foi identificado como Marcos Vinicius Lemos Baptista, de 42 anos, ex-companheiro de Ana Caroline. A investigação da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) apontou que o crime teria sido motivado porque Marcos não aceitava o fim do relacionamento.


No dia do crime, Marcos aproveitou o momento em que a família dormia para invadir a casa e fazer o ataque. Depois de matar Ana em seu quarto, Marcos foi ao cômodo onde estava a filha dela, Emylli, e depois ao quarto dos sogros, José e Leda, ferindo-os com facadas. Após cometer o crime, o acusado fugiu, mas se entregou à polícia no dia seguinte, na manhã de quinta-feira (10), foi encaminhado ao sistema prisional em seguida.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg