Mercenários serão atacados onde quer que estejam na Ucrânia, diz MD russo


Militar inspeciona unidade de artilharia abandonada pelas FAs da Ucrânia em Berdyansk. (Foto: Sputnik)

O Ministério da Defesa da Rússia acusou países ocidentais de enviar seus cidadãos para morte certa na Ucrânia.

Os mercenários estrangeiros serão atacados no território da Ucrânia onde quer que estejam, advertiu na segunda-feira (14) Igor Konashenkov, major-general da Rússia.

"Vários países ocidentais apoiam a nível estatal a participação de seus cidadãos como mercenários da Ucrânia em ações militares contra divisões das forças russas. A partir de agora toda a responsabilidade sobre a morte desta categoria de cidadãos estrangeiros na Ucrânia recai apenas na administração desses países", de acordo com o representante oficial do Ministério da Defesa russo.

Segundo Konashenkov, "conhecemos todos os lugares em que estão os mercenários estrangeiros", e eles continuarão sendo atingidos com armas de alta precisão.

"Quero voltar a avisar – nenhum dos mercenários será poupado, onde quer que estejam no território da Ucrânia."


Fonte: Agência Sputnik

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg