top of page

Militares do Exército estarão entre indiciados pela CPI do 8 de Janeiro, diz relatora


A relatora da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos atos de 8 de janeiro, senadora Eliziane Gama (PSD-MA), afirmou que, com base em evidências de participação nos atos de invasão às sedes dos Três Poderes, vai pedir o indiciamento de militares ligados ao Exército no relatório a ser apresentado pela comissão em outubro.


"Não há dúvida nenhuma de que teremos vários indiciamentos, e eu posso antecipar que pessoas ligadas ao Exército Brasileiro deverão, na verdade, sofrer esse indiciamento", disse a relatora, em entrevista à Agência Senado.


Eliziane Gama destacou que o indiciamento terá como base a constatação de participação de militares nos atos de invasão.


"A gente percebe nos levantamentos, nos dados, nas informações e nos depoimentos que houve ali a participação de pessoas que, na verdade, são militares. Então deverão ser indiciados."


Até o momento, três militantes bolsonaristas foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por participação nas invasões e depredações dos prédios dos três Poderes em Brasília, no dia 8 de janeiro. Presos em flagrante, eles foram condenados com penas de 14 a 17 anos de prisão, em regime fechado, além de pagamento de multa totalizando cerca de R$ 44 mil, e R$ 30 milhões em danos morais coletivos (valor a ser ressarcido em conjunto com outros réus), por dano qualificado, deterioração de patrimônio público tombado, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado e associação criminosa.

Comentários


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page