Moeda Arariboia movimentou R$ 2,5 milhões em Niterói

A Moeda Social Arariboia já é uma realidade em Niterói. Em apenas cinco dias de circulação, o novo programa da Prefeitura de Niterói já fez circular R$ 2.508.604,35 na cidade em quase 35 mil transações. A Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária é a responsável pela gestão do programa que vai beneficiar mais de 63 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social, além dos 5.500 comerciantes cadastrados que estão aptos a receber na moeda.

Foto: Berg Silva / Prefeitura de Niterói

A Moeda Social Arariboia é um programa de transferência de renda permanente que vai injetar aproximadamente R$ 70 milhões por ano na economia da cidade. O prefeito de Niterói, Axel Grael, ressalta que o programa vai transformar a vida de muitas pessoas.


"Estamos implantando um programa que vai mudar a vida das pessoas. Temos uma gestão preocupada e que olha pela cidade em todos os campos. Entregamos para Niterói uma política pública importante e eficiente com a moeda social e que traz uma retomada inclusiva. Estamos trabalhando com o sonho de transformação, de justiça social e de sustentabilidade. O novo projeto vai beneficiar a rede local de forma mais consistente para toda comunidade”, declarou o prefeito.


Entre a segunda-feira (24/1), data que foi efetivado o primeiro crédito no cartão, até às 17h desta sexta-feira (28/1), 14.044 pessoas já estiveram em 1.510 estabelecimentos e fizeram suas compras utilizando a moeda social. Até o momento, foram realizadas 34.983 compras como o cartão Arariboia.


O secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Elton Teixeira, analisou o uso do benefício nos primeiros dias do novo programa.


“A Moeda Arariboia é uma realidade em Niterói. Em apenas uma semana, os números demonstram que a ideia pegou. Essa é uma política pública inovadora que veio pra ficar, gerando emprego, renda, desenvolvendo os bairros e ajudando as pessoas que mais precisam”, destacou.


A Moeda Social Arariboia é uma iniciativa da Prefeitura de Niterói para a retomada econômica da cidade. Serão contempladas aproximadamente 27 mil famílias inscritas no Cadastro Único, dentro da faixa de renda estabelecida pelo programa. Com esse investimento, ganham as famílias que precisam de ajuda financeira e também os comerciantes cadastrados. A ideia é que a Arariboia seja usada como moeda local circulante, para aquecer e movimentar a economia nas comunidades. O benefício oferece um valor mensal que pode chegar a R$ 540,00 para famílias composta por seis integrantes.

Fabiana, Diego e a pequena Isabele / Foto: Bruno Eduardo Alves / Prefeitura de Niterói

O novo benefício faz parte do Programa Municipal de Economia Solidária, Combate à Pobreza e Desenvolvimento Econômico e Social de Niterói, instituído pela Lei Nº 3621, que tem como objetivos principais combater as desigualdades sociais, fomentar o desenvolvimento econômico e social das comunidades e estabelecer meios para atingir a erradicação da pobreza e a geração de emprego e renda para as camadas mais carentes do município, complementando a Política Municipal de Economia Popular Solidária.


As famílias contempladas no programa foram selecionadas através do recorte de renda, na faixa de pobreza e extrema pobreza, conforme as regras do Programa Bolsa Família, do Governo Federal.


O investimento feito pela Prefeitura de Niterói no programa também investe na geração de renda por meio da economia solidária, fomentando o comércio local comunitário em segmentos de alimentação, beleza, vestuário, mercearia, obras, transporte e outros.


Uma das possibilidades na ampliação da renda dessas famílias que vão receber o benefício é, caso elas tenham algum serviço para oferecer, esse valor pago seja agregado à renda dela através do cartão que vai movimentar uma conta digital que dá direito à pessoa receber por seu trabalho na moeda também. Por exemplo, as vendas de bolos, doces, serviços de manicure e cabeleireiro poderão ser pagos e recebidos em Arariboia.


O comerciante que tiver interesse em se cadastrar e passar aceitar Arariboia, pode procurar o Centro de Referência Social (Cras) mais próximo de seu estabelecimento ou entrar em contato com a Central de Atendimento do Banco Arariboia pelo número 85-3269-9617 que também funciona como whatsApp.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg