Morre, aos 107 anos, a secretária que elaborou a lista de Schindler


(Reprodução)

Mimi Reinhardt, secretária judia de Oskar Schindler, o industrial alemão que salvou mais de mil judeus das câmaras de gás do regime nazista de Adolph Hitler, morreu nessa sexta-feira (8), aos 107 anos, em Israel, informou a família. Ela era encarregada de elaborar as listas de judeus recrutados para trabalhar na fábrica de Schindler, cuja história foi contada em livro de Thomas Keneally, de 1982, e no filme "A lista de Schindler", de Steven Spielberg, de 1993, ganhador de sete Oscars, incluindo o de melhor filme e melhor diretor.

Mimi Reinhardt nasceu na Áustria e foi contratada pelo próprio Schindler, com quem trabalhou até o fim da II Guerra Mundial, em 1945, de acordo com informações do "Times of Israel". Após a guerra, ela foi morar nos Estados Unidos. Desde 2007, ela morava em Tel Aviv, em Israel.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg