Mostra internacional inclusiva de cinema começa nesta segunda (4/7)

Um cinema em que todos são iguais, sem diferenças. Esta é a proposta da Mostra FIFH - Cinema Sem Diferenças, com uma programação internacional de filmes que envolvam pessoas com deficiência, seja na temática ou na equipe. De 4 a 7 de julho, Niterói sediará a segunda edição do evento - a primeira foi em 2019 - uma produção da Casa da Gente Produções, chancelada pelo Festival International du Film sur les Handicaps (FIFH), que acontece na cidade de Lyon, no Sul da França.

O pianista Mario Huchette no filme 'Eu vou fazer o impossível, do diretor Laurent Boileau / Divulgação

O projeto conta com incentivo da Prefeitura Municipal de Niterói e da Secretaria Municipal das Culturas (SMC), por meio do Edital de Fomento ao Audiovisual de 2019. As sessões acontecem na Sala Nelson Pereira dos Santos e no Parque Palmir Silva (Horto do Barreto), zona norte da cidade, e todas terão entrada gratuita.


"Ao todo, serão exibidos 17 filmes de 11 países, entre longas e curtas-metragens nacionais e internacionais, numa seleção especialmente preparada pela curadoria do Festival International du Film sur Les Handicaps. Teremos duas sessões dedicadas prioritariamente para estudantes de escolas de Niterói. Além disso, as sessões irão contar também com recursos de acessibilidade comunicacional - audiodescrição, LSE (legendagem para surdos e ensurdecidos) e Libras", explica Luana Dias, coordenadora da Mostra FIFH - Cinema Sem Diferenças.

'Os sapatos de Louis' / Divulgação

Dois filmes inéditos no Brasil


Entre os filmes, dois longas-metragens premiados internacionalmente – um francês e o outro uma coprodução Holanda/Alemanha – vão ter sua estreia nacional em Niterói. O documentário “Eu vou fazer o impossível” (J´irai décrocher la Lune), de Laurent Boileau, e a ficção “O Salão da Romy” (Romy´s Salon), de Mischa Kamp, terão sessões gratuitas nos dias 5 e 7 de julho - respectivamente - na Sala Nelson Pereira dos Santos, às 15h.


“Como ser independente quando se está na casa dos 30 anos, mas se tem um cromossomo a mais?” Esse é o dilema de Stéphanie, Robin, Elise, Gilles-Emmanuel, Eléonore e Mario, que protagonizam “Eu vou fazer o impossível”, filme que traz os desafios de jovens com síndrome de down, numa narrativa com muito humor e sensibilidade.


O salão da Romy' / Divulgação

Já “O salão da Romy” (Romy’s Salon) - premiado como melhor longa-metragem de ficção no Festival International du Film sur Les Handicaps, em 2022 - retrata a relação de convivência entre uma menina chamada Romy e a sua avó Stine, que tem um salão de cabeleireiro. Aos poucos, Romy percebe que a avó está cada vez mais confusa - sintomas de uma doença demencial silenciosa - e a pequena fará de tudo para ajudar a sua avó, com ternura e amor.


Estas duas sessões irão contar com 100% de acessibilidade comunicacional: serão oferecidos os recursos de Audiodescrição, Libras e LSE ao público. Além disso, haverá roda de conversa, após a exibição dos filmes, com convidados e especialistas, com tradução simultânea em Libras.


Sessões voltadas para as escolas


Na manhã desta segunda-feira (4/7), uma sessão de pré-estreia da Mostra foi feita para alunos das escolas de Niterói, na Sala Nelson Pereira dos Santos. Na ocasião, foram exibidos curtas-metragens de diversos gêneros - animação, documentário, ficção - especialmente selecionados para este público, seguidos de roda de conversa.


Já no dia 6 de julho (quarta), a partir das 8h da manhã, será a vez dos estudantes da Zona Norte de Niterói participarem da Mostra, com mais uma exibição dedicada especialmente a este público, no Parque Palmir Silva - Horto do Barreto. As sessões estudantis terão Janela de Libras e LSE (Legendagem para Surdos e Ensurdecidos) como acessibilidade comunicacional.

'Em casa' / Divulgação

Cinema Sem Diferenças na Zona Norte


Ainda no Espaço Cultural do Horto do Barreto, haverá mais uma exibição de curtas-metragens, no dia 6 de julho, às 13h30. Nesta seleção, o destaque vai para duas produções nacionais: “A viagem de Ícaro”, dirigido por Kaco Olímpio e Larissa Fernandes, e “Obsessão”, de Aline Lata.


Todos os filmes estrangeiros da Mostra FIFH - Cinema Sem Diferenças têm legendas em português. A programação tem entrada gratuita. Para as sessões na Sala Nelson Pereira dos Santos é possível reservar o seu lugar pelo site da Sympla; ou retirar diretamente na bilheteria da Sala o ingresso, uma hora antes de cada sessão. Já no Horto do Barreto, o acesso à sala é por ordem de chegada, sujeito à lotação do espaço.


Escolas de Niterói e Associações e entidades que desenvolvam atividades e atuem na defesa das pessoas com deficiência podem fazer pré-reserva de ingressos diretamente com a produção da Mostra, através do e-mail cinemasemdiferencas@gmail.com ou pelo telefone (21) 99888 9666.


Confira a programação completa da Mostra FIFH - Cinema sem Diferenças está disponível no link: .


Acompanhe também as redes sociais no Facebook e no Instagram.

Divulgação

A Mostra FIFH


Cinema Sem Diferenças é um projeto que conta com incentivo da Prefeitura Municipal de Niterói e da Secretaria Municipal das Culturas (SMC), por meio do Edital de Fomento ao Audiovisual de 2019, apoio da Embaixada da França no Brasil, do Institut Français e do Consulado Geral dos Países Baixos no Brasil, tendo o Icaraí Praia Hotel como hotel oficial.


O evento tem também a parceria da Administração Regional do Barreto e da Sala Nelson Pereira dos Santos, apoio cultural da Secretaria de Acessibilidade de Niterói, da Neltur, da Aliança Francesa de Niterói e da Inclusive Acessibilidade. Uma realização da Casa da Gente Produções e do Festival International du Film sur les Handicaps.

'Elétrico' / Divulgação

Serviço


Mostra FIFH - Cinema sem diferenças

De 4 a 7 de julho

Entrada gratuita

Classificação Livre


- Sala Nelson Pereira dos Santos

Sessões de Cinema e Rodas de Conversa


Dia 4 de julho, às 10h

Dias 5 e 7 de julho, às 15h

Endereço: Centro Petrobras de Cinema - Av. Visconde do Rio Branco, 880 - São Domingos, Niterói

Capacidade: 474 lugares


- Parque Palmir Silva (Horto do Barreto) - Centro Cultural


Dia 6 de julho, às 8h e 13h30

Sessão de Cinema e Roda de Conversa

Endereço: Av. R. Dr. Luiz Palmier, s/n - Barreto, Niterói

Capacidade: 40 lugares


Fonte: Departamento de Imprensa SMC/FAN