Motoboys protestam em Niterói e pedem atenção da prefeitura


Motoboys voltaram a protestar em frente à prefeitura de Niterói, no Centro, na manhã desta quarta-feira (26/5). No início do mês, a categoria também realizou um ato para pedir mais respeito dos órgãos públicos e denunciar o que chamam de "perseguição" por parte da Guarda Municipal e da Polícia Militar.


O grupo afirma que se sente perseguido pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar devido às ações de fiscalização, que eles consideram, muitas vezes, autoritárias. No protesto de hoje, o grupo partiu do Fonseca e passou pela casa do prefeito Axel Grael, em São Francisco, pela Câmara Municipal, no Centro, chegando à prefeitura.


Os trabalhadores lembraram que mesmo com todos os riscos de contaminação durante a pandemia de covid-19, nunca paralisaram suas atividades e continuaram prestando o serviço à população niteroiense. O grupo tenta ser recebido pelo prefeito Axel Grael para levar ao chefe do executivo as reclamações e reivindicações.


A categoria tenta sensibilizar as autoridades públicas para as dificuldades que vem enfrentando. Os motoboys apontam como problema, além das fiscalizações, a dificuldade de agendar a regularização de documentos no Departamento de Trânsito do Rio (Detran-RJ). Com isso, estão sofrendo com as multas aplicadas pelas câmeras de vigilância da prefeitura.




Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg