'Mumbuca' é modelo para gestores de outros estados


Foto: Reprodução

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, recebeu nesta quinta-feira (10/3) representantes da Rede de Gestores de Políticas Públicas de Economia Solidária do Estado da Bahia, que vieram conhecer como funciona o programa de transferência de renda do município: a moeda social Mumbuca.


Durante o encontro, Horta apresentou o programa e fez um panorama da cidade antes e depois da implementação da moeda Mumbuca, citando outros municípios que se inspiraram no modelo de Maricá.


“A renda básica transformou a realidade econômica da cidade, criando redes de trabalho e de produção. As pessoas começaram a desenvolver atividades econômicas coletivas e cooperativamente, a ponto de a moeda ser implementada em municípios, como Niterói e Cabo Frio”, explicou o prefeito.


Ao conhecer as especificidades da moeda social, o coordenador estadual de Microcrédito e Finanças Solidárias do Estado da Bahia, José Paulo Ferreira, disse que vai apresentar o modelo de Maricá a autoridades do estado.


“Como membros da coordenadoria do programa a nível estadual, precisamos levar essa experiência extraordinária para dialogar com os prefeitos, pensando em uma alternativa e estratégia interessantes para potencializar a transferência de renda e o desenvolvimento local, a partir da ampliação da circulação dos recursos nos municípios”, disse o coordenador.


Inspiração para outros estados


Para o secretário de Economia Solidária, Adalton Mendonça, a visita das autoridades significa que o programa está despertando o interesse de outros estados de implementarem modelos semelhantes.


“Almejamos que a Bahia absorva esse lado positivo de fazermos uma moeda que circule em todo o município, que tenha lastro e se torne identidade da cidade, assim como é a Mumbuca. Quando se fala em Mumbuca, já se remete à Maricá”, destacou.


Modelo Mumbuca


Os benefícios sociais do programa de Renda Básica da Cidadania (RBC) de Maricá são pagos em Mumbucas desde 2013, garantindo que os valores circulem apenas no município, beneficiando 42,5 mil pessoas (26% da população) que recebem por mês 170 mumbucas (R$ 170) para utilizar nos 10,6 mil estabelecimentos cadastrados na cidade. O modelo da Moeda Mumbuca foi a inspiração para o lançamento da Itajuru, a moeda social do município de Cabo Frio, na Região dos Lagos; e da Moeda Arariboia, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.


Rede de gestores de EcoSol


A Rede de Gestores de Políticas Públicas de Economia Solidária é uma articulação nacional de gestores e gestoras de prefeituras e governos estaduais, com o objetivo de proporcionar intercâmbio, interlocução, propondo políticas públicas governamentais e a realização de projetos comuns para o fomento e desenvolvimento da economia solidária. Criada em 2003, a rede mantém coordenações ativas nas cinco regiões do Brasil: Norte, Nordeste, Sudeste, Sul e Centro Oeste.

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif