top of page

MumbuCão vira referência para Saquarema e Niterói



Foto: Reprodução

A Prefeitura de Maricá, por meio da Coordenadoria de Proteção Animal, recebeu na quarta-feira (5/4) a visita de integrantes da Secretaria dos Direitos dos Animais de Saquarema e da Coordenadoria Especial dos Direitos dos Animais de Niterói, que conheceram um pouco mais sobre o funcionamento do programa social Mumbucão. O benefício consiste numa ajuda financeira, paga em moeda social Mumbuca, a protetores do município para compra de medicamentos, vacinas e ração para cães e gatos acolhidos nas campanhas promovidas pelo município.


O coordenador de Proteção Animal de Maricá, Fabiano Novaes, recebeu os representantes e explicou como o benefício irá funcionar no município, mostrando um pouco da experiência que pode ser aplicada nas cidades vizinhas.


“Tivemos a satisfação de receber a visita de pessoas que são gestoras de proteção animal. Conseguimos avançar bastante com as políticas públicas aqui em Maricá, fazendo com que a cidade se tornasse uma referência para todo o estado. Aproveitamos essa oportunidade também para troca de experiências, que é fundamental para o avanço da proteção animal em todo o Rio de Janeiro”, destacou.


A secretária dos Direitos dos Animais de Saquarema, Adriana Pereira, falou sobre a troca de experiências entre as cidades e a criação do Saquapet, que será implementado no município de forma semelhante ao Mumbucão.


“Essa parceria entre Maricá e Saquarema é muito importante para o desenvolvimento das cidades em todos os aspectos, principalmente na causa animal. Essa interação nossa com o coordenador Fabiano Novaes é muito produtiva, pois ajuda muito no nosso trabalho. Também estamos implantando as parcerias com as clínicas veterinárias a partir da experiência aplicada em Maricá. O Saquapet é inspirado no Mumbucão e viemos conhecer de perto como é o funcionamento e o que podemos também adotar em Saquarema”, contou.


O coordenador de Especial de Direitos dos Animais de Niterói, Marcelo Pereira, destacou o Mumbucão como instrumento de política social para os animais.


“A troca de experiência entre as cidades de Niterói e Maricá é constante. Hoje, conheci um pouco do trabalho da coordenadoria e o projeto Mumbucão, que é referência. Nosso objetivo é instalar também um projeto semelhante em Niterói, essa troca de experiência é essencial para as políticas públicas das cidades”, disse.


Mumbuca para cães e gatos


Criado em dezembro de 2022, o programa Mumbucão é um auxílio financeiro que será concedido a protetores adotantes de cães e gatos comprarem medicamentos, vacinas e ração para os animais. O valor varia de 70 mumbucas (equivalente a 70 reais) para animal de pequeno porte; 100 mumbucas (100 reais) para os de médio porte; e 130 mumbucas (130 reais) para os de grande porte. O valor será limitado a 1.300 mumbucas e 10 animais por pessoa, pago por até um ano.


Os protetores atuam no resgate e disponibilização de cães e gatos para a adoção fornecendo lar temporário, cuidando da saúde e participando de programas de controle reprodutivo do município. Para participar, eles deverão residir na cidade há pelo menos três anos, estar cadastrados na Coordenadoria, que fará visitas periódicas para avaliação das condições do espaço, abrigo, salubridade, alimentação, saúde e estabelecer os números de animais por espécies (cães e gatos) e condições adequadas que garantam o bem-estar dos animais e das pessoas residentes no local.


No caso dos adotantes, apenas os cadastrados no CadÚnico terão direito ao benefício. O beneficiário deverá cumprir uma série de requisitos: ser maior de 18 anos, estar em dia com as obrigações civis e militares, não responder a crimes praticados contra animais, a administração pública e meio ambiente e não estar privado da liberdade por motivo de doenças ou sanções penais.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page