top of page

'Música nos Palácios' acontece no Rio e em Versailles

O projeto 'Música no Museu' prossegue com as comemorações de seus 25 anos em 2022 apresentando em dezembro o 'Programa Música nos Palácios'. Entre os destaques estão as apresentações que irão acontecer simultaneamente, neste sábado, dia 3 de dezembro, no Palácio do Itamaraty, no Rio de Janeiro, e no Palácio de Versailles, em Versailles, na França. A Camerata Uerê, da Comunidade da Maré, e os musicistas franceses Dominique De-Williencourt, violoncelo, e Jean Ferrandis, flauta, tocarão juntos num concerto via satélite para as plateias daqui do Brasil e da França. Será uma verdadeira integração Brasil-França através da música. 

Palácio do Itamaraty / Reprodução

Música no Museu - a maior série de música clássica do Brasil


Iniciada em 1997, Música no Museu se tornou a maior série de música clássica do Brasil. Foi reconhecida pelo RankBrasil, a versão brasileira do Guinness Book. Possui números expressivos, realizando mais de 500 concertos gratuitos por ano, de norte ao sul do Brasil, com cerca de 2 mil 500 músicos/ano.

Dominique De-Williencourt / Divulgação

Vertente internacional


A série leva músicos brasileiros para o exterior. Desde 2006 está em Lisboa, Portugal. Já se estendeu para várias cidades portuguesas como Porto, Aveiro, Santarem, Alcobaça e Coimbra.


Em 2015, participou dos 725 anos da Universidade de Coimbra e, em 2020, dos seus 730 anos. Ano a ano ela vem se ampliando para cidades da Espanha, França, EUA, República Tcheca, Marrocos, Índia, Alemanha, Áustria, Chile, Argentina, Vietnã, Líbano, Eslovênia e Austrália.


Camerata Uerê, da Comunidade da Maré / Reprodução

Destaques


Nesses 25 anos de atividades, já registrou um público de mais de 1 milhão de pessoas e uma mídia espontânea em inúmeros veículos de imprensa do Brasil e do exterior, incluindo rádios, TVs, jornais impressos, revistas e veículos on-line. Já foram veiculadas matérias no jornal The New York Times, na revista Le Monde de la Musique e na revista TAP, distribuída nos voos, entre outros. 

Jean Ferrandis / Divulgação

Programação 2022


Teve início em janeiro com o “Sons do Brasil”, a música das regiões Norte, Sul, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste. Em setembro, aconteceu a despedida do maior cravista brasileiro, Roberto de Regina, que aos 95 anos realizou o seu último concerto. Em outubro, foi comemorado os 100 anos de Dias Gomes, na Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro.


Desde novembro está sendo realizado ¨Os Imortais da Música Brasileira e os Gênios Internacionais¨, que ressalta a ampla produção musical brasileira e, no contraponto, os grandes nomes da música internacional. Com patrocínio da VIBRA ENERGIA e apoios do BTG-Pactual e Universidade Estácio de Sá, as apresentações irão acontecer até abril de 2023.


Para encerrar o ano será realizada, em dezembro, uma missa em Ação de Graças na Igreja Nossa Senhora da Ressurreição, em Copacabana. Após a missa haverá um concerto do coral Madrigal Cruz Lopes. 

Palácio de Versailles / Divulgação

Serviço:


Camerata Uerê e Dominique De-Williencourt, violoncelo, e Jean Ferrandis, flauta.

Data: 3 de dezembro (sábado)


Camerata Uerê

Horário: 16h30

Local: Palácio do Itamaraty - Av. Marechal Floriano, 196 – Centro – Rio de Janeiro

Classificação etária: Livre

Entrada gratuita


Dominique De-Williencourt, violoncelo, e Jean Ferrandis, flauta

Horário: 20h30

Local: Palácio de Versailles - Place d’Armes, em Versailles, na França

Classificação etária: Livre

Entrada gratuita