Neymar acusa zagueiro de racismo: "Mono hijo de puta"

Atualizado: 14 de Set de 2020


Jogo PSG x Olimpique Marselle foi tenso (Getty Images)

A estreia de Neymar na temporada 2020/2021 do futebol francês foi nada agradável para ele. Num jogo tenso em que o PSG perdeu de 1 a 0, o craque brasileiro foi expulso e ainda deixou o campo acusando o zagueiro Álvaro González, do Olympique Marselle, de racismo. "Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca", desabafou no Twitter momentos após a partida.

Na saída de campo, dirigindo-se ao quarto árbitro e às câmeras, Neymar disse que o adversário era racista. Em mais uma postagem nas redes sociais, ele ampliou a explicação para o desabafo em campo:

"VAR pegar a minha “agressão” é mole. Agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de “MONO HIJO DE PUTA” (macaco filha da puta)... isso eu quero ver! E aí? CARRETILHA vc me pune. CASCUDO sou expulso... e eles? E aí ?", escreveu.

Aos 37 minutos do primeiro tempo, o som ambiente do jogo captou a primeira exclamação de Neymar referindo-se à ação do espanhol Álvaro González: "Racismo, não!".

No final do jogo, já nos acréscimos, o VAR flagrou um tapinha de Neymar na cabeça do adversário. A expulsão o deixou ainda mais irritado. Ao fim da partida, ele continuou discutindo com o espanhol. As imagens mostram que Neymar reforçou a acusação de racismo contra González.

Foi a segunda derrota do PSG em dois jogos pelo campeonato francês. Neymar não jogou na estreia porque ainda se recuperava da Covid-19.




 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: